Esportes, Futebol

Zagueiro Neto deve voltar ao Brasil amanhã; goleiro é submetido a cirurgia em São Paulo

O zagueiro Neto deve retornar ao Brasil amanhã (15). O jogador é o único brasileiro ainda internado na Colômbia após o acidente aéreo do último dia 29 com o avião da Chapecoense, que vitimou 71 pessoas, incluindo 19 jogadores e 24 membros da delegação.

Segundo Edson Stakons­ki, médico da equipe catarinense, o jogador “está bem melhor clinicamente” e, inclusive, já deixou a UTI.

“É bem provável que (Neto) retorne ao país na quinta. Estamos só esperando a liberação do próximo voo para confirmar a data”, disse Stakonski.

O médico da Chapecoense disse que Neto conversou com o lateral esquerdo Alan Ruschel e com o goleiro Jackson Follmann, outros sobreviventes do acidente.

“Neto falou que os dois têm de comemorar a segunda chance que tiveram na vida. Falaram em força e recomeço também”, disse.

Neto foi o último a saber da tragédia. Segundo a equipe médica, o jogador estava desconfiado por causa dos ferimentos no corpo e ficou chocado ao tomar conhecimento do fato na segunda, quase 15 dias depois.

No Brasil

Follmann chegou a São Paulo na madrugada de ontem e foi encaminhado para o Hospital Israelita Albert Einstein, onde passou por uma cirurgia para correção da fratura do processo odontoide (fixação da segunda vértebra cervical). Segundo o hospital, o procedimento durou uma hora e meia e transcorreu sem problemas.

Follmann teve parte da perna direita amputada após ser resgatado do acidente.

Segundo boletim médico, o local da amputação está com “bom aspecto”.

Ruschel e o jornalista Rafael Henzel viajaram ontem para Chapecó.
O desembarque no município catarinense estava previsto para as 21h de ontem. Logo após a chegada à cidade, os dois seriam encaminhados para um hospital.

Neto foi o último a saber da tragédia com o avião. Foto: Arquivo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*