Brasileirão, Esportes, Futebol

Wilson Júnior pede foco ao São Bernardo para manter 100% na Série D

Paulo Marcelo comemora o gol solitário do Tigre. Foto: Divulgação/São BernardoO São Bernardo é a única equipe paulista com 100% de aproveitamento em todas as divisões nacionais. No último sábado (27), o Tigre fez 1 a 0 no Inter de Lages-SC no Estádio Primeiro de Maio e conquistou a segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro da Série D. Apesar do começo positivo e da liderança no Grupo A16, o técnico Wilson Júnior pregou cautela para o elenco não entrar numa “zona de conforto” na sequência da competição.

“Foi um vitória excelente. Fizemos um primeiro tempo muito bom, com chances de ampliar, e soubemos controlar a partida. Tivemos alguns problemas no segundo tempo, mas é normal, pois vários jogadores chegaram (recentemente) e não é do dia para noite que as coisas acontecem. Temos evoluído e os atletas têm mostrado grande vontade”, analisou o técnico, ao site da Federação Paulista de Futebol (FPF). Paulo Marcelo anotou o gol dos mandantes, aos nove mi­nutos do primeiro tempo.

Wilson Júnior pregou aten­ção aos comandados. “É um campeonato no qual apenas o primeiro se classifica de forma direta. Então é preciso estar focado e elevar o nível de atuação. Não podemos entrar na zona de conforto. Estamos trabalhando cada vez mais”, explicou.

O próximo compromisso do São Bernardo será novamente diante de seu torcedor, desta vez contra o Foz do Iguaçu-PR, no próximo sábado, às 15h. No domingo passado, os paranaenses empataram em casa sem gols com o Novo Hamburgo, time batido pelo Tigre na estreia.

Em caso de nova vitória, o São Bernardo dará importante passo para a classificação à segunda fase da Série D. “A cada rodada, os times se conhecem mais. Então temos de entrar mais precavidos, mas sempre buscando a vitória. Não existe favorito no futebol brasileiro. É necessário sempre evoluir de um jogo para o outro”, comentou o técnico aurinegro.

 

Após 12 jogos, Portuguesa demite Estevam Soares

Durou pouco mais de dois meses a passagem de Estevam Soares pela Portuguesa. Na tarde de ontem (29), o clube rubro-verde anunciou a saída do treinador.

Em entrevista concedida à reportagem, o presidente da Lusa, Alexandre Barros, disse que a saída do técnico não se deve apenas à derrota do último sábado, para o Bangu, por 1 a 0, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. O dirigente ainda elogiou a passagem de Estevam Soares, que conseguiu livrar a equipe do rebaixamento na Série A2 do Paulista.

“Foi uma definição da diretoria de não dar mais continuidade ao projeto. É um contexto geral, não só o resultado em si. Porém, (Estevam) é meu amigo particular e o objetivo dele foi alcançado, que era manter o time na Série A2. Quando chegou aqui, o time estava na zona de rebaixamento. Nós conseguimos, mas chegou a hora de fazer uma mudança”, explicou o presidente da Portuguesa.

Esta foi a terceira passagem de Estevam Soares pelo clube. Nela, o treinador acumulou 12 jogos, com cinco vitórias, um empate e seis derrotas.

Ainda de acordo com o presidente, a Portuguesa já está atrás de novo nome para a vaga deixada por Estevam Soares. “Estamos buscando agora. Primeiro eu precisava desligá-lo. Agora vamos em busca de novo técnico”, completou.

A Lusa é a segunda colocada do Grupo A13, com três pontos, três atrás do Bangu. O time volta a atuar domingo contra o Villa Nova-MG.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*