Esportes, Paulistão

Votuporanguense marca no final e afunda o Água Santa no Inamar

CAV marca no final e afunda o Água Santa no Inamar
O Água Santa, do lateral Baianinho, foi envolvido pelo Votuporanguense e perdeu mais uma. Foto: Rafael Nascimento/CAV

O Água Santa está ca­da vez mais perto do rebaixamento à terceira di­visão do futebol paulista. Ontem (6), em mais uma exibição apática, o time perdeu em casa para o Votuporanguense por 2 a 1 e se mantém na lan­terna da Série A2.

A quatro rodadas do encerramento da primeira fase, o Netuno soma sete pontos, um a menos do que o Audax, 14º colocado e primeiro time fora da zona do descenso.

Diante de um adversário que também vinha mal no campeonato, o Água Santa contava com o apoio de sua torcida para pressionar o CAV desde o começo do jogo, mas foi surpreendido com um gol logo aos seis minutos. Cleidson desceu pelo lado esquerdo e arriscou o chute da intermediária. A bola quicou na frente de Edson Kolln, que rebateu. Como um típico centroavante, Felipe acompanhou o lance e completou para as redes.

O gol abalou o Netuno – que, sem inspiração, pouco criou no primeiro tempo. O time só chegou com perigo ao gol de Paulo Roberto aos 14 minutos: Saci cruzou e Romarinho cabeceou, mas o goleiro do Votuporanguense pegou.

No intervalo, Toninho Cecílio colocou Lucas Formiga no lugar de Serginho, mas o panorama não mudou no segundo tempo. Fechado, o CAV dava poucos espaços.

Na única vez em que conseguiu articular um ataque, o Água Santa chegou ao gol de empate. Aos 22, Jairo errou e a bola ficou com Baianinho, que lançou nas costas da defesa para Lucas Formiga. O atacante dominou e rolou para Alex Gonçalvez completar sem dificuldade: 1 a 1.

A expectativa era de que o Netuno crescesse, mas não foi o que ocorreu. Aos 38 minutos, Edson Kollin derrubou Tiago Tremonti na área. Fio cobrou o pênalti, mas a bola explodiu o travessão do Netuno.

No final, o melhor futebol do Votuporanguense foi recompensado com o gol de Fio, aos 48 minutos.

 

ÁGUA SANTA 1 X 2 VOTUPORANGUENSE

Gols: Felipe, aos 4 minutos do 1º tempo. Alex Gonçalves, aos 21, e Fio, aos 48 da 2ª etapa. Ár­bi­tro: Lucas Bellote. Renda: R$ 6.115 (782 pagantes). Estádio: Inamar, em Diadema, ontem à tarde.

ÁGUA SANTA

Kolln; Baianinho, Audalio, Léo Rigo e W. Saci; Matteus Santos, Serginho (Lucas Formiga) e Nem. Romarinho (Luan Dias), Alex Gonçalves e Roni. Técnico: Toninho Cecílio.

VOTUPORANGUENSE

Paulo Roberto; Douglas, Paulo Henrique, Jorge Miguel e Cleidson; Jairo, Ricardinho, Nathan (Robinho) e Elvinho (Tremonti); João Marcos e Felipe (Fio). Técnico: Rafael Guanaes.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*