Editorias, Mundo, Notícias

Voo MH17 foi derrubado por míssil russo em 2014, conclui investigação

A investigação internacional que apura as causas da queda do voo MH17 na Ucrânia, em julho de 2014, anunciou ontem (28), na Holanda, a conclusão de que o Boeing da Malaysia Airlines foi derrubado por um míssil russo.

Segundo os investigadores, o sistema antiaéreo BUK usado para derrubar o avião foi transportado da Rússia para o leste da Ucrânia, área controlada por rebeldes pró-Moscou, e levado de volta à Rússia imediatamente após a tragédia que deixou 298 mortos.

Segundo um familiar de uma das vítimas, que foram informados da conclusão das investigações pouco antes da imprensa, os investigadores também identificaram 100 potenciais suspeitos da queda do avião. Os promotores, porém, não podem indiciar ninguém porque não há consenso internacional sobre qual a corte em que o caso deveria ser julgado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*