Economia, Notícias

Volks voltará a lucrar no Brasil em 2019, prevê chefe global de operações

Volks voltará a lucrar no Brasil em  2019, prevê chefe global de operações
“Preparamos a base para isso e a equipe está agora executando. Então, por que não (voltar a lucrar em 2019)?”, disse Brandstätter. Foto: Divulgação/VW

A Volkswagen está perto de voltar a lucrar com sua ope­ração no Brasil e espera que a virada ocorra já em 2019, afirmou ontem (23) o chefe global de operações da montadora, Ralf Brandstätter, que está de passagem por São Paulo e conversou com jornalistas.

A confiança do executivo se sustenta na recuperação da economia brasileira e nos carros que a Volkswagen pretende lançar este ano, com destaque especial para o T-Cross, principal aposta da marca para vender bem no segmento de utilitários esportivos, conhecidos pela sigla em inglês SUV e que tem sido o que mais cresce do mercado. “Preparamos a base para isso e a equipe está agora executando. Então, por que não (voltar a lucrar em 2019)?”, disse Brandstätter.

O presidente da Volkswagen para a América do Sul e Caribe, Pablo Di Si, que também participou da conversa, disse que a empresa só não voltou a lucrar ainda por causa da recente crise da Argentina, para onde a operação brasileira envia a maior dos carros destinados à exportação. Porém, garante: “Estamos muito perto de voltar a fazer dinheiro”.

Segundo Di Si, a empresa passou por “significativas me­lhoras” no Brasil, como resultado de trabalho próprio. “Fa­zer dinheiro é consequência de comprometimento da equipe, fazer os produtos certos e ter autonomia da matriz da empresa”, afirmou o executivo.

As promessas dos executivos da VW para voltar a lucrar no Brasil foram feitas dias depois de uma de suas concorrentes, a GM, ter sinalizado que poderia dei­xar o Brasil caso não voltasse a lucrar em 2019.
A montadora disse a seus funcionários que passa por “momento crítico” e, para ter algum alívio financeiro, pediu ao governo paulista antecipação do crédito a que tem direito no ICMS.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*