Brasileirão, Esportes, Futebol

Volante Felipe Melo pega suspensão de seis jogos por briga na Copa Libertadores

Felipe Melo em ação contra o Peñarol: volta nas semifinais. Foto: Cesar Greco/Agência PalmeirasO volante Felipe Melo foi punido ontem (12) pela participação em briga após a vitória do Palmeiras por 3 a 2 sobre o Peñarol, no Uruguai, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Segundo decisão da Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol), o volante pegou seis jogos e gancho e só deve voltar ao torneio caso o Palmeiras chegue às semifinais. Além disso, foi punido em US$ 10 mil.

O meio-campista já cumpriu um jogo de suspensão na partida contra o Jorge Wilstermann-BOL, válida pe­la quinta rodada do Grupo 5 da competição. Na ocasião, o Palmeiras perdeu por 3 a 2, o que decretou a saída do técnico Eduardo Baptista.

A Conmebol ainda puniu três jogadores do Peñarol pela briga no final da partida em Montevidéu: Matías Mier, Nahitan Nández e Lucas Hernández. Cada um pegou cinco jogos de gancho e pagará US$ 10 mil de multa.

O Palmeiras tem sete dias para entrar com recurso e já decidiu que vai recorrer. O clube tem sustentado que Felipe Melo e os demais jogadores do Verdão foram “vítimas” de emboscada do Peñarol.

“Nossa posição é de indignação. Entendemos como exagero, falta total de critério. Seis jogos para nosso atleta, e cinco para os do Peñarol?”, questionou Maurício Galliote, presidente do Palmeiras.

Ainda não há veredicto a respeito de punição aos clubes. A previsão é a de que Peñarol e Palmeiras só sejam informados na próxima semana.

Dúvida

Cuca fez, ontem, o penúltimo treino antes da estreia do Palmeiras no Brasileiro, amanhã, contra o Vasco. O técnico sinalizou ter apenas uma dúvida na equipe titular para a primeira rodada: Willian ou Róger Guedes.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*