Esportes, Futebol, Paulistão

Vitor Hugo tira lições após cotovelada em Pablo e suspensão: ‘É um recomeço’

Vitor Hugo: “Sei do meu potencial, do que já rendi”. Foto: Cesar Greco/Agência PalmeirasVitor Hu­go está de volta. O camisa 4 está novamente à disposição do técnico Eduardo Baptista. Depois de cumprir dois jogos de suspensão, após punição do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) pela cotovelada desferida no corintiano Pablo, o zagueiro do Palmeiras garante: tirou lições do erro cometido.

“Nenhum jogador gosta de ficar fora, ainda mais por suspensão. Aprendi muito com tudo o que aconteceu. Agora é um recomeço na temporada para mim”, descreveu o zagueiro. “Sei do meu potencial, do que já rendi e do que posso render ainda mais para ajudar o Palmeiras”, acrescentou.

Nas três partidas em que o camisa 4 ficou fora – Vitor Hugo também desfalcou a equipe no duelo contra o Jorge Wilstermann-BOL, pela Copa Libertadores –, o time comandado por Eduardo Baptista sofreu apenas um gol, no clássico contra o Santos.

“Estou à disposição do tre­inador e, se optar por mim, vou dar meu máximo para manter o nível alto que a equipe mostrou defensivamente nos últimos jogos”, encerrou Vitor Hugo.

O camisa 4 retornará ao time titular graças à opção da comissão técnica por poupar Edu Dracena do duelo de amanhã (25), diante do Audax, no Allianz Parque. Vitor Hugo formará a dupla de zaga com Antônio Carlos, já que Yerry Mina (a serviço da seleção da Colômbia) e Thiago Martins (lesionado) continuam fora.

Rodízio

Além do zagueiro Edu Dracena, o lateral esquerdo Egídio e o volante Felipe Melo devem ser preservados do confronto deste sábado pelo técnico Eduardo Baptista. Se isso ocorrer, os cotados, respectivamente, para entrar no time alviverde são Zé Roberto e Thiago Santos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*