Esportes, Futebol, Libertadores

Vitor Hugo é suspenso por dois jogos no Paulistão

Vitor Hugo também estará fora de duelo na Libertadores. Foto: Cesar Greco Agência PalmeirasApós uma cotovelada no corintiano Pablo, o zagueiro do Palmeiras Vitor Hugo foi julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) ontem (13) e suspenso por duas partidas.

O jogador não enfrentará o Santos, no próximo domingo, na Vila Belmiro, e nem o Mirassol, no dia 22, no Allianz Parque. Vitor já não jogará pela Copa Libertadores, amanhã, após ter sido expulso na estreia do clube na competição.

O lance que culminou a suspensão de Vitor Hugo ocorreu no segundo tempo do clássico entre Palmeiras e Corinthians, pelo Campeonato Paulista, em fevereiro.

O palmeirense acertou uma cotovelada no rosto do zagueiro Pablo. O árbitro Thiago Duarte Peixoto, porém, não viu o lance, que foi registrado pelas câmeras de televisão.

O atleta alviverde havia sido denunciado pela procuradoria do TJD-SP no artigo 254-A, inciso 1 (agressão física com cotovelada), que tem pena de prevista de quatro a 12 jogos de suspensão. Porém, a defesa mudou a qualificação da ação, de agressão para jogada violenta, que tem pena menor.

O trabalho do departamento jurídico do Palmeiras foi muito elogiado, uma vez que a pena considerada normal para esse caso entre membros da comissão era de quatro jogos.

Decisões

O técnico Eduardo Baptista terá de tomar decisões sobre disputas por posição no time, mas dois retornos são certos: Edu Dracena e Zé Roberto.

O defensor fica com a vaga de Vitor Hugo, suspenso por receber o vermelho na estreia. Já o camisa 11 alviverde assume o lugar de Egídio.

Na atividade realizada ontem (13), na Academia de Futebol, Borja foi poupado por causa de desgaste muscular. Fabiano, recuperado de lesão muscular e titular no clássico de sábado, apenas correu em volta do campo.

Convocação

A seleção venezuelana convocou o meia Alejandro Guerra para os jogos das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. As partidas serão realizadas entre os dias 23 e 28.

Com isso, o camisa 18 alviverde pode perder até três confrontos no Campeonato Paulista: Mirassol (dia 22), Audax (25) e Ponte Preta (29). Este último vai depender das condições físicas do jogador. Guerra, contudo, deverá ser poupado.

O venezuelano voltou a ter destaque no clube após marcar o terceiro gol alviverde na goleada sobre o São Paulo por 3 a 0.

O meia disputa posição com o meia-atacante Keno, que também tem brilhado, para saber quem inicia o jogo contra o Jorge Wilstermann-BOL amanhã, às 21h45, no Allianz Parque, em São Paulo.

Alejandro Guerra tem a seu favor a parceria com Borja. Keno, por sua vez, foi quem fez o tento do Palmeiras na estreia na Libertadores.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*