Minha Cidade, Regional, Sua região

Vinholi vai vistoriar espaço que Michels quer transformar em hospital de campanha

Vinholi vai vistoriar espaço no Quarteirão que Michels quer transformar em hospital de campanha
Hospital de campanha seria instalado no Quarteirão da Saúde. Foto: Arquivo

O secretário es­tadual de Desenvolvimento Re­­gional, Marco Vinholi, informou ao presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), que, no próximo sábado (6), às 10h, visitará o Quarteirão da Saúde, em Dia­dema, onde o prefeito Lauro Michels (PV) pretende instalar um hospital de campanha para atendimento a casos de covid-19. Com cerca de 100 leitos, o equipamento ocuparia o 2º andar, para o qual está prevista unidade da Rede Lucy Montoro.

A visita será acompanhada por técnicos da Secretaria de Estado da Saúde. Desde o início da pandemia, Michels tem oferecido o espaço e reivindicado dos governos do Estado e fede­ral recursos para a instalação do hospital de campanha no local.

Com o equipamento, Michels espera aumentar a capacidade de atendimento a casos de covid-19 do município, que tem transferido pacientes graves pa­ra outros hospitais do ABC e também da Capital.

O equipamento também per­mitiria a melhora da capaci­dade hospitalar do ABC, um dos indicadores usados pelo governo do Estado para definir o estágio de cada região no Plano São Paulo de reabertu­ra da economia. Atualmente, os sete municípios estão na Fase 1 (vermelha), que possibi­lita apenas o funcionamento de atividades essenciais.

“O Estado vai fazer a vistoria para que a gente possa fechar es­sa parceria entre o Estado, o Consórcio e a Prefeitura de Dia­dema. Além de servir ao ABC, esse hospital vai atender a zona Sul da Capital”, disse Maranhão.

O presidente do Consórcio também reiterou o incentivo ao isolamento social e o uso de máscaras como medida para enfrentar a covid-19, assim como a orientação para que a população permaneça em casa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*