Copa Paulista, Esportes

Vilar comemora bom início no Azulão, mas quer evolução

Vilar comemora bom início no Azulão, mas quer evolução
Vilar (esq.): “Estamos felizes com os resultados, mas a equipe pode melhorar bastante”. Foto: Fabrício Cortinove/AD São Caetano

Com o final do primeiro turno do Grupo 4, o São Caetano só tem motivos para comemorar o início de sua participação na Copa Paulista. Afinal, o Azulão lidera a chave com 13 pontos e está muito próximo de garantir matematicamente a classificação à segunda fase.

Os números da equipe são impecáveis. Após cinco partidas realizadas, o São Caeta­no continua invicto e ostenta o ataque mais efetivo da competição, com 11 gols marcados, e a segunda melhor defe­sa, com dois sofridos – atrás ape­­nas da Ferroviária, com um.

Apesar do começo anima­dor, o técnico Marcelo Vilar não se ilude e mira a evolução do time nas próximas rodadas.

“Estamos felizes com os resultados, mas o São Caetano ainda pode melhorar bastante por conta da sua própria filosofia de jogo. Estamos no processo de conhecimento do grupo. Felizmente, graças a Deus, esse aperfeiçoamento está acontecendo com vitórias”, afirmou.

O treinador destacou a im­portância dos resultados ini­ciais de sua passagem pelo estádio Anacleto Campanella, mas vê espaço para evolução.

“Os trabalhos serão otimi­zados para que o time possa desenvolver um futebol mais próximo do que considero ideal. Porém, de maneira alguma, não podemos reclamar dos últimos resultados. Afinal, estamos na liderança da chave e invictos, o que é bastante importante pa­ra a competição”, explicou.

SEQUÊNCIA

O Azulão inicia o segundo turno do Grupo 4 contra a Ponte Preta no sábado (27), às 15h, no estádio Leonardo Barbieri, em Águas de Lindóia. No encontro anterior entre as equipes, disputado no Anacleto Campa­nella, houve empate sem gols – resultado que interrompeu a passagem pelo clube do antecessor de Vilar, Luiz Gabardo.

“Será um jogo bem atípico. O campo não oferece as melho­res condições, mas precisamos esquecer isso e lembrar que estamos disputando a Copa Paulista. A partida contra a Ponte Preta, equipe jovem e qualifi­cada, será disputada em um campo ao qual precisaremos nos adaptar o mais cedo possível para buscar a vitória, afirmou Vilar.

Os quatro primeiros colocados de cada grupo avançarão à segunda fase da Copa Paulista.

 

Ferroviária, São Caetano e jovens artilheiros se destacam no início da Copa Paulista

A primeira fase da Copa Paulista teve seu primeiro tur­no encerrado na última segun­da-feira (22). Finalista nas últimas três edições, a Ferroviária mostrou mais uma vez que é uma das favoritas. Quem também demonstrou força é o São Caetano, melhor ataque da competição até o momento.

Eliminada da Série D do Campeonato Brasileiro nas oita­vas de final, a Ferroviária venceu os cinco adversários do Grupo 1 e detém a melhor campanha até o momento, com 15 pontos.

Na cola dos grenás está o Azu­lão. Pelo Grupo 4, o São Cae­tano venceu quatro jogos e empatou um. Além dos dois, ape­nas o XV de Piracicaba segue invicto após três vitórias e dois empates.

Com apenas dois gols sofridos, o Azulão tem a segunda melhor defesa (só atrás da Ferro­viária, com um), mas balançou as redes 11 vezes, com média de 2,20 gols por partida.

Jogar em casa não vem sendo positivo na competição. Os mandantes venceram 25 partidas (41,6%), enquanto os visitantes triunfaram 22 vezes (36,7%).

Dois jovens atletas de 22 anos lideram a artilharia. Do me­lhor ataque da Copa Paulista, o destaque é Gleyson, que marcou cinco vezes, assim como Bill, do Mirassol.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*