Diadema, Política-ABC, Sua região

Vereadores petistas e sindicatos declaram apoio a Vaguinho

Vaguinho: “vocês são peça-chave desta campanha”. Foto: Igor Cotrim/Divulgação

Em reunião na manhã de ontem (25) na subsede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, no bairro de Piraporinha, em Diadema, o candidato a prefeito pelo PRB, vereador Wagner Feitosa, o Vaguinho, recebeu apoio de sindicalistas. Do encontro participaram, além de metalúrgicos, representantes dos sindicatos dos trabalhadores da Saúde, da Construção Civil e dos Químicos, além de representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) do ABC e a bancada petista da Câmara.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, criticou o atual prefeito e destacou o compromisso de Vaguinho com a classe trabalhadora. “O Lauro não acredita nesse jeito de governar, mais próximo da população. Ele teve chance de criar uma relação porque, mesmo o PT tendo perdido em 2012, nós não viramos a cara, demos a chance, mas Michels errou e falta muito com a verdade”, pontuou.

“O Vaguinho será aliado porque foi apoio do governo Mário Reali, tem postura correta na Câmara, terá um relacionamento correto com o Sindicato dos Metalúrgicos e demais sindicatos. Esse diálogo já existe e não é agora uma oportunidade momentânea”, completou.

Na presença dos vereadores petistas – Lilian Cabrera; Manoel Eduardo Marinho, o Maninho; Josemundo Dario Queiroz, o Josa; José Antônio; Orlando Vitoriano e Ronaldo Lacerda – Vaguinho destacou a boa postura durante o primeiro turno. “O PT, como estava abaixo da gente nas pesquisas, poderia ter batido, mas não nos atacou.”

O republicano também aproveitou para destacar sua proposta de redução da tarifa do transporte público em 10%, passando, em valores atuais, dos R$ 3,80 para R$ 3,42, e também de retomar projetos da gestão petista como o Adolescente Aprendiz. “Hoje, nossos jovens não têm onde aprender uma profissão e também não têm cultura porque os equipamentos públicos estão todos sucateados. Essa gestão foi um desgoverno: 60% dos cargos comissionados são ocupados por pessoas de São Bernardo, que não têm compromisso com nossa cidade”, declarou.

Vaguinho também abordou os problemas da saúde pública e da Educação, mas destacou a importância dos novos apoios. “Vocês são peça-chave desta campanha. Faltam cinco dias. Em 2004 eu era adversário, apoiava o José Augusto. No primeiro turno, o Filippi (ex-prefeito José de Filippi Jr.) recebeu 10,5 mil votos a menos e eu vi em 15 dias vocês fazerem uma campanha jamais vista na cidade. Ali vocês me deram uma lição de como se faz uma campanha”, afirmou o candidato.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*