Economia, Notícias

Vendas de veículos crescem 15,6% e têm melhor primeiro trimestre desde 2015

As vendas de veículos novos surpreenderam o se­­­tor, cresceram 15,6% no primeiro trimestre ante o mesmo período do ano passado e levaram a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que representa as concessionárias, a revisar para cima as projeções de em­placamentos em 2018.

Os 545,5 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus vendidos de janeiro a março deste ano representam o melhor resultado para o período desde 2015.

A entidade estimou que as vendas nesses segmentos crescerão 15,2% neste ano, para 2,502 milhões de unidades. Antes, a expectativa era de aumento de 11,9%.

A previsão para o mercado de caminhões também foi revista para aumento de 17%, ante a alta de 9,5% inicial. Caso a projeção da Fe­nabra­ve se confirme serão em­­pla­ca­das 60,9 mil unidades.

Para o segmento de ônibus, no entanto, a estimativa foi revisada para baixo: de alta de 5,3% para alta de 3,3%, ou 15,6 mil unidades. A entidade atribuiu a redução nas expectativas à elevada inadimplência do setor.

Vendas de veículos crescem 15,6% e têm melhor primeiro trimestre desde 2015

Onze altas seguidas

A revisão foi anunciada ontem (3) e ocorreu depois da apuração dos dados de março, que apontaram a venda de 207,4 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, com alta de 32,2% ante o resultado de fevereiro e de 9,7% contra o do mesmo mês do ano passado.

Trata-se do 11º mês consecutivo de expansão do mercado na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o ritmo das vendas no primeiro trimestre deste ano reflete a recuperação econômica e a consequente elevação do nível de confiança do consumidor.

“Iniciamos 2018 com projeção de crescimento para todos os segmentos que representamos. Já no primeiro trimestre pudemos notar a reação do mercado e as expectativas renovadas em função da melhora dos indicadores econômicos. Este cenário positivo favorece o mercado de veículos”, comentou Assumpção, em nota. “Continuamos otimistas e acreditando que 2018 será mais positivo para o setor do que foram os últimos anos”, prosseguiu o executivo.

No corte por segmentos, as vendas de automóveis e comerciais leves avançaram 14,7% no primeiro trimestre, para 527,3 mil unidades.
Os emplacamentos de caminhões e ônibus, por sua vez, cresceram 49,3% nos três primeiros meses de 2018, pa­ra 18,2 mil unidades.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*