Economia, Notícias

Venda de carros e comerciais leves sobe 17% em agosto

As vendas de automóveis e comerciais leves tiveram alta de 17,36% em agosto na comparação com julho, revelam dados divulgados ontem (1º) pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que representa as concessionárias.

Foram comercializadas 209.871 carros e comerciais leves no mês passado, contra 178.821 em julho.
No acumulado do ano até agosto, esses dois segmentos acumulam alta de 5,84%, para 1,38 milhão de unidades comercializadas.

Considerando todos os segmentos – carros, comerciais leves, caminhões, ônibus novos, motocicletas, implementos rodoviários e outros –, a Fenabrave registrou alta de 14,76% nas vendas em agosto na comparação com julho.

Ao todo, foram comercializadas 305 mil unidades no mês passado, contra 265 mil em julho. Contra agosto do ano passado, o setor registrou alta de 10,59%.

No acumulado de janeiro a agosto, porém, houve retração de 2,99% para todos os segmentos somados.
De janeiro a agosto deste ano, 2,07 milhões de unidades foram emplacadas, contra 2,1 milhões no mesmo período do ano passado.

“A queda nas taxas de juros e as boas notícias na retração do desemprego fizeram com que a confiança do consumidor aumentasse. Isso fez com que as vendas em dias úteis, com agosto (23 dias) comparado a julho (21 dias), fossem positivas em 4,8% na soma de todos os segmentos”, comentou o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

“A melhora da inadimplência começou a refletir, diretamente, na aprovação de crédito para compra de automóveis e comerciais leves. As vendas diárias registraram crescimento de 7,1% em agosto com relação ao mês anterior, o que reforça a confiança da entidade no crescimento destes segmentos para 2017”, prosseguiu Assumpção.

A venda de caminhões subiu 6,52%, para 4,8 mil unidades, em agosto na comparação com julho. No acumulado do ano, acumulada queda de 10,71% em relação ao mesmo período do ano passado, para 30,8 mil unidades.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*