Economia, Família & finanças

Vamos buscar renda extra na pandemia?

Estamos na quarentena há cinco meses e nossas reservas financeiras muito provavelmente se esgotaram. Todos os benefícios oferecidos pelo governo já foram recebidos e gastos. A redução da renda e a perda do emprego bateram à porta de milhões de brasileiros, mas nossas contas e obrigações continuam chegando da mesma forma, certo?
Esta é nossa realidade atual.

Porém, somos brasileiros, fortes e criativos, e vamos buscar uma solução para superar o momento complicado que todos estão vivendo. Vamos colocar a “mão na massa” e conseguir uma renda extra.
Você topa?

Então, vamos lá!

Avalie tudo que você tem em casa e que está sem uso. Faça uma verdadeira faxina, separando roupas, eletrodomésticos, sapatos, jogos, brinquedos e até mesmo alguns móveis, e tente vendê-los.

Isto pode lhe trazer alguma renda e ajudar a saudar pequenas, mas indispensáveis despesas, como alimentação, luz e água, até que a situação comece a se normalizar. Use sites específicos de compra e venda de usados.

Buscar renda extra no ramo de alimentação também pode ser saída muito inteligente para trazer dinheiro. Use receitas simples e baratas de pães, bolos, doces e salgados, de forma que consiga vender seus produtos em sua rede de relacionamento pessoal.

Se você possui habilidades e conhecimentos em educação, pode utilizá-los ministrando aulas particulares de reforço. Aqui, há de se considerar maior dificuldade, pois muitas famílias não querem abrir suas casas para estranhos, em função da pandemia. Porém, assim como estão ocorrendo aulas online, você também pode utilizar as ferramentas disponíveis e fazer uma videoaula. Vale ficar atento.

Cadastre-se para realizar entregas por aplicativos de delivery. A pandemia gerou aumento significativo de demandas desta natureza, englobando vários ramos, desde alimentos prontos até compras em mercados e farmácias. Para isso, em alguns casos, você precisa ter apenas uma bicicleta.

Se você e sua família têm casa de temporada, situada em cidade ou região com menor incidência de covid-19, talvez tenha chegado a hora de alugá-la. Muitas famílias já realizam pequenas viagens, com custos menores e, provavelmente, sua casa de campo ou praia será ótima opção. Isso também ajudará a custear as despesas de manutenção do imóvel.

Se você tem um automóvel e trabalha como motorista de aplicativos, mas não está conseguindo fazer renda e ainda usa pouco o veículo em seu dia-dia e de sua família, diante da situação atual, tente vendê-lo, mesmo que seja por valor um pouco abaixo da chamada “tabela”, pois assim acabam as despesas de manutenção do carro (combustível, seguro, desgaste de peças) e seu caixa ganha fôlego para continuar no azul.

Lembre-se sempre de usar as redes sociais, além das ferramentas de comunicação instantânea mais populares, como WhatsApp e Telegram, para oferecer seus produtos, serviços e habilidades, pois são os canais mais baratos e com maior alcance de público.

Você pode até achar que algumas opções aqui citadas, no primeiro momento, são radicais e totalmente fora de sua realidade ou condição de vida. Porém, o mais importante é ter em mente que o momento presente é difícil e torna necessária atenção a oportunidades e possibilidades de economizar e gerar renda para sua vida e família.

Desejo muito que esta pandemia acabe e que nossas vidas voltem ao normal.

Boa sorte!

Sérgio Biagioni Junior trabalhou mais de 25 anos no mercado financeiro, é formado em Adm de Empresas, Pós Graduado em Banking, MBA em Controladoria e Custos. Cursa Pós Graduação na PUC-RS em Planejamento Financeiro e Finanças Comportamentais. Atualmente é Mentor e Planejador Financeiro especializado em Profissionais Liberais, Pessoas Físicas e Finanças Familiares.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*