Minha Cidade, Regional, Sua região

Avanço da vacinação reduz número de internados por covid no ABC

Vacinação derruba número de internados por covid no ABC
Segundo o governo do Estado, há 364 pacientes hospitalizados com a doença na região, entre os quais 197 em leitos de UTI

O número de internados por complicações decorrente­s da covid-19 em hospitais públicos do ABC registrou no último domingo (12) o 13º dia consecutivo abaixo de 400, co­­mo reflexo da campanha de va­­cinação nos sete municípios.

Atualmente, há 364 paci­entes hospitalizados com a do­­ença na região, dos quais 197 em lei­tos de Unidade de Terapia In­tensiva (UTI) e 167 em en­­fer­marias. É o que revelam da­dos do Sistema de Monitoramento Inteligente (Simi), da Secreta­ria de Estado da Saúde, compi­lados pelo Diário Regional.

Comparativamente a 26 de março, auge da segunda onda da pandemia, quando havia 2.920 pa­ci­entes hospitalizados, houve forte redução de 87,5% (veja quadro acima).

Ainda segundo o Simi, a ta­­xa de ocupação em leitos de UTI no ABC está em 26,8%. O indicador mantém-se abaixo de 30% há 26 dias, mesmo depois da progressiva redução no nú­mero de leitos de terapia intensiva – decorrente, principalmente, do fechamento de hospitais de campanha em Santo André e Ribeirão Pires.

Em junho, Santo André desmontou o hospital instalado no campus da Universida­de Fede­ral do ABC (UFABC), que tinha 680 leitos. Decisão semelhante foi tomada pela Prefeitura de Ribeirão Pires, que desmobilizou seu equipamento, dotado de 41 leitos.

Atualmente, a rede pública de saúde da região possui 735 leitos de UTI Covid-19, contra 1.384 em 2 de abril, no pi­co da segunda onda.
Nas enfermarias, a taxa de ocupação está atualmente em 16,1%, com pacientes em 167 dos 1.034 leitos existentes na rede pública. No dia 26 de março havia 1.675 enfermos, que ocupavam 87,7% dos 1.910 leitos disponíveis.

O avanço da va­­cinação derrubou tanto o nú­mero de casos como o de óbitos pela doença, o que explica a menor pressão sobre o sistema de saúde e a desmobilização de parte da estrutura. Segundo as prefeituras, já foram aplicadas 3,28 mi­lhões de doses no ABC, das quais 2,09 milhões de primeiras doses e 1,19 milhão de segundas doses ou únicas.

Assim, quase 57% dos adultos da região já têm o esquema vacinal completo.

ÓBITOS E CASOS

O ABC teve a terceira semana seguida de queda no número de óbitos pela covid-19 Segundo a Fundação Sistema Es­tadual de Análise de Dados (Sea­de), 42 moradores da região perderam a vida para a doença na 36ª semana epidemiológica, encerrada no último sábado (11). O total é 23,6% inferior ao apurado nos sete dias anteriores (55) e a semana menos letal desde o início de novembro do ano passado.

Ainda segundo a Fundação Seade, os sete municípios re­gis­traram 661 casos de covid-19 na semana encerrada no sábado, total 67,6% inferior ao apurado nos sete dias anteriores (2.037). Trata-se da semana com menos diagnósticos da doença desde abril do ano passado.

Desde o início da pande­mia, o ABC acumula 229.033 casos e 10.486 óbitos pela do­ença.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*