Diadema, Minha Cidade, Sua região

Vacinação contra covid-19 de jovens de 12 a 15 anos com comorbidade e deficiência começa na segunda

A Prefeitura de Diadema começará a vacinar contra a covid-19, na próxima segunda-feira (23), os adolescentes de 12 a 15 anos com deficiência ou comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde.

Para essa faixa etária será aplicada, exclusivamente, a vacina da Pfizer que, no momento, é a única no país que já obteve autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para imunizar pessoas abaixo de 18 anos.

O município recebeu um novo lote de vacinas nesta sexta-feira (20), o que vai permitir a antecipação do cronograma em relação ao calendário estadual, previsto para começar o novo público-alvo a partir do dia 26 de agosto.

Para receber o imunizante, o adolescente deve procurar o posto de vacinação, das 8h30 às 16h. Confira a lista com o endereço dos postos de vacinação aqui: http://www.diadema.sp.gov.br/secretaria-saude/26592-conheca-os-locais-de-vacinacao-para-covid-19

A aplicação de D1 em gestantes e puérperas de 12 a 17 anos continua acontecendo, assim como para os grupos elegíveis anteriores. Na cidade, a vacinação acontece por livre demanda, sem necessidade de agendamento prévio e para o público adulto acima de 18 anos não há necessidade nem possibilidade de escolher um imunizante específico.

Para acelerar a campanha e dar agilidade no atendimento, a equipe da SMS orienta que o usuário faça o pré-cadastro no site http://www.vacinaja.sp.gov.br. É rápido e basta preencher dados pessoais, como nome completo, CPF, data de nascimento, endereço, telefone e e-mail.

Depois disto, basta comparecer ao posto de vacinação no horário da campanha. Para tomar o imunizante é obrigatória a apresentação de um documento pessoal com foto (CNH ou RG), o Cadastro de Pessoa Física (CPF) – tanto a versão física, digital e/ou a declaração impressa do site da Receita Federal-, e o comprovante de endereço de Diadema no próprio nome (ou carteirinha de matrícula da UBS).

Também é necessário apresentar documento comprobatório da comorbidade ou deficiência, por meio de exames, receitas, relatório ou prescrição médica onde conste o CRM do médico responsável. Confira aqui o Documento Técnico da campanha municipal com a lista detalhada das comorbidades e deficiências contempladas:

No caso das gestantes e puérperas também será necessário apresentar a documentação comprovatória da gestação ou do parto. As grávidas poderão apresentar comprovante de acompanhamento pré-natal ou laudo médico comprovando a gestação. Já as puérperas podem utilizar para comprovar seu puerpério a declaração de nascimento da criança ou o relatório de alta hospitalar da maternidade.

Vacinação D2

O munícipe precisa conferir o dia sinalizado no cartão de vacinação para retornar na UBS e receber a D2 e completar o esquema vacinal. Somente com a segunda dose o usuário estará protegido.

Quem já está com a segunda dose em atraso deve procurar sua unidade de referência o quanto antes para ser imunizado. É necessário apresentar os documentos pessoais (documento com foto, CPF, comprovante de endereço ou carteirinha da UBS), além do comprovante de recebimento da primeira dose.

D2 da Educação é antecipada

Na quinta-feira (19), o município decidiu antecipar o início da aplicação da segunda dose (D2) dos profissionais da educação que receberam o imunizante da AstraZeneca/Fiocruz. A medida vai beneficiar aqueles profissionais com aprazamento mínimo de quatro semanas, o que representa um universo de aproximadamente 2.100 profissionais que atuam em escolas da Educação Infantil ao Ensino Médio, tanto das redes estadual, federal, municipal e privadas do município.

Para tomar a D2 e completar o esquema vacinal, não é necessário agendamento, basta o profissional da educação comparecer, das 8h30 às 16h, de preferência na unidade onde tomou a primeira dose (D1) ou no Quarteirão da Saúde, munido do documento pessoal com foto, crachá ou holerite e Cartão comprovante de Vacinação com registro da D1 AstraZeneca/Fiocruz.

Saiba mais em: http://www.diadema.sp.gov.br/covid/26960-profissionais-da-educacao-de-diadema-terao-2-dose-da-vacina-contra-a-covid-19-antecipada

Diadema Solidária

A Prefeitura reforça que quem for aos postos de vacinação receber a vacina contra a Covid-19 poderá fazer, voluntariamente, doações de alimentos e agasalhos para ajudar as famílias que estão situação de vulnerabilidade social em nossa cidade.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*