Destaque, Mulher, Serviços

Uma em cada 7 mulheres viajará sozinha nos próximos meses: confira 5 dicas dos melhores destinos

Foto: ReproduçãoSegundo informações do estudo “Sondagem do Consumidor”, divulgado pelo Ministério do Turismo, uma em cada sete mulheres brasileiras que planeja viajar nos próximos meses fará isto sozinha. O Guichê Virtual – startup líder na venda online de passagens de ônibus no Brasil – constatou que viajar desacompanhada tornou-se uma tendência entre as brasileiras, tanto pela crescente procura deste público por passagens – detectada pela empresa nos últimos meses – quanto pelas sugestões postadas em um dos mais famosos grupos de viagem do Facebook: o Mochileiros. Foram essas mulheres que nos ajudaram a construir essa lista dos principais destinos para visitar. Confira:

1- Bonito (MS)

A carioca Raquel do Carmo Sampaio, 33 anos, indica a cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul. Raquel explica porque resolveu fazer a viagem até o Centro-Oeste. “Eu escolhi Bonito porque tenho preferência por viagens que me coloquem em contato com a natureza. Tirei férias em fevereiro e há alguns meses vinha pesquisando alguns destinos. Como a passagem e hospedagem estavam com um bom preço, achei que era o momento perfeito para conhecer Bonito”, conta. Para ela, viajar sozinha para Bonito é melhor por conta da infinidade de opções que a cidade oferece.

2 – Inhotim – Brumadinho (MG)

A mesma viajante conta que o pontapé inicial para começar a viajar sozinha foi quando conheceu o Inhotim, parque botânico e cultural, localizado em Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte. “Você precisa de dois dias para conhecer o museu inteiro, é um passeio maravilhoso. Um lugar mágico! Eu estava muito fascinada e feliz por fazer tudo no meu ritmo. No Inhotim eu me senti totalmente livre porque não tinha ninguém para reclamar de fome, sede, cansaço, calor, dor no pé… e eu andei muito, muito mesmo! É o tipo de lugar que voltarei sempre que puder”, contou.

3 – Cambará do Sul (RS)

Uma das respostas recorrentes entre as mulheres sobre os motivos pelos quais elas viajam sozinhas é: “a vontade de se conhecer melhor”. Esta viagem ao seu interior foi o motivo da viagem da paulistana Aline Rodrigues, de 29 anos. “Sempre viajo com meu marido, mas o período de férias dele não bateu com o meu. Como ele só vai tirar uns dias, eu terei um restinho de férias sozinha. E pensei, por que não?”, contou. E escolheu Cambará do Sul e outros destinos da Serra Gaúcha para completar o roteiro e viajar sozinha. Cambará do Sul é a porta de entrada de importantes parques nacionais: Aparados da Serra e da Serra Geral. O que surpreende no local são os cânions, alguns paredões tem aproximadamente 900 metros de altura, com 7 km de extensão.

4 – Rio de Janeiro (RJ)

Um dos lugares mais indicados pelas mochileiras para viajar sozinha foi a Cidade Maravilhosa. A nossa dica é passear por pontos turísticos no centro do Rio, como a rua da Glória e Catete. Outro passeio que não pode faltar é assistir o pôr do sol no Arpoador. E, lógico, se você nunca foi, deve ir até a Confeitaria Colombo tomar um café da manhã colonial ou comer um doce típico da culinária portuguesa. A grande verdade é que no Rio de Janeiro é muito difícil sentir-se sozinha, ainda mais se a mulher optar por ficar em um hostel. Lá a viajante tem a chance de conhecer muitas pessoas de outras regiões, inclusive de fora do país.

5 – Região dos Lagos (RJ)

A paulistana Rita Antunes, de 33 anos, é especialista em viajar sozinha. Inclusive compartilha as suas experiências de viagens no blog Andanças Trip. “Decidi compartilhar algumas andanças com o objetivo de incentivar as mulheres que nunca viajaram e possuem o desejo de viajar sozinhas”, conta Rita. Rita recomenda a Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. “Búzios, Cabo Frio e Arraial do Cabo são destinos fantásticos cheios de infraestrutura, com natureza exuberante e praias lindíssimas que não deixam a desejar em nada a grandes destinos do mundo”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*