Minha Cidade, Regional, Sua região

Trânsito do ABC fez 10 vítimas por dia em 2017

Número de mortes caiu 42% na comparação entre o primeiro trimestre de 2016 e o deste ano. Foto: ArquivoO trânsito do ABC fez dez vítimas por dia nos primeiros três meses do ano. Dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo mostram que de janeiro a março, 929 pessoas ficaram feridas em acidentes, das quais 26 vieram a óbito. Os dados totais de acidentados no mesmo período de 2016 mostram 997 casos, sendo 37 fatais. No total de vítimas, a queda foi de apenas 7,3%. Já a redução de mortes foi mais expressiva, 42%.

O professor de Engenharia da Fundação Educacional Inaciana (FEI) e especialista em Trânsito e Mobilidade, Creso de Franco Peixoto, destaca que os dados indicam estabilização com relação aos acidentes e uma importante queda no número de óbitos. “Temos o mesmo período de tempo e a mesma quantidade de vias. Nesse contexto, a redução é positiva. É preciso considerar, no entanto, que o desaquecimento da economia se reflete no menor número de veículos e pessoas circulando. Para cada ponto porcentual de queda no PIB (Produto Interno Bruto), temos redução de mais ou menos um ponto porcentual de movimentos”, explicou.

O especialista ressaltou que, ainda que seja positiva a queda no número de óbitos, o impacto é menor, uma vez que se dá menos pela conscientização de motoristas e pedestre, e mais pela redução no tráfego. “Isso não quer dizer que as ações que têm sido feitas não são adequadas. Porém, é preciso focar em campanhas maciças de conscientização, com especial atenção às campanhas escolares, para resultados a médio e longo prazo”, pontuou.

Maio Amarelo

O mês de maio é marcado por diversas campanhas que visam aumentar a segurança no trânsito para pedestres e motoristas. No Estado de São Paulo, órgãos como o Detran.SP, Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), Polícia Militar e os municípios conveniados ao Movimento Paulista de Segurança no Trânsito colocaram nas ruas uma nova companha de conscientização, cujo tema é “Foca no Trânsito”.

Inspirada em memes das redes sociais, a campanha foi lançada nesta segunda-feira (1º) e dissemina mensagens de uma simpática foca alertando para comportamentos de risco e incentivando o uso das faixas de pedestre, além de passar a mensagem de que bebida e trânsito não combinam.

“Nosso intuito é conscientizar as pessoas de que, com uma mudança de comportamento, podemos reduzir drasticamente o número de mortes no trânsito. Precisamos do engajamento de todos os cidadãos para mudar essa grave realidade”, destacou Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran.SP.

Peixoto ressaltou que ações pontuais, como o Maio Amarelo e a Semana Nacional de Trânsito cumprem melhor o papel de chamar a atenção das pessoas de forma mais efetiva do que ações que são desenvolvidas ao longo do ano. “Um mês, ao longo do ano, em que se busque fazer fomento ou incentivo às leis de trânsito de uma forma mais racional, discutindo problemas, tem impacto positivo”, pontuou. “Ações preventivas, como analisar os problemas da via e se antecipar aos acidentes, além de esclarecimento à população sobre o uso dos recursos de multa, que pela lei devem ser utilizados para educação no trânsito, sinalização viária e engenharia de tráfego, também são necessárias”, concluiu.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*