Editorias, Notícias, Veículos

Toyota inicia contagem regressiva para o novo Corolla

Toyota inicia contagem regressiva para o novo Corolla
Novo Corolla deve trazer o mesmo visual da versão comercializada na Europa. Foto: Divulgação

A Toyota abriu contagem re­gressiva para o lançamento da 12ª geração do Corolla, que lidera o segmento de sedãs médios no Brasil. O modelo será apresentado no dia 3 de setembro, como indica o hotsite do carro (novocorolla.com.br).

A montadora tem usado a página para divulgar, paulatinamente, informações sobre o sedã, como a introdução do controle de velocidade adap­tativo, sistema que identifica a distância e velocidade do veículo à frente e, com isso, consegue acompa­nhá-lo, freando e acelerando o carro automaticamente.

A Toyota destaca ainda a adoção de nova central multimídia, que é compatível com as principais tecnologias de co­­nectividade existentes para smartphones – leia-se Apple CarPlay e Android Auto.

Entre os equipamentos disponíveis no novo sedã e citados no site figuram farol alto automático, alerta de desvio de faixa e sistema anticolisão.

O hotsite só não revela de­talhes do design, mas já se sabe que o modelo a ser produzido e vendido no país terá o mesmo visual do Corolla europeu.

A 12ª geração foi desenvolvida sob a nova plataforma TNGA (do inglês Toyota New Global Architecture, ou Nova Arquitetura Global da Toyota), a mesma do Prius e de mais de dez veículos da marca. O sedã deve trazer duas opções de motori­zação: a 2.0 16V de 153 cv associada a câmbio automático do tipo CVT; e o pacote híbrido flex, que combina o propulsor 1.8 e outro elétrico. A expectativa é de que gere 125 cv de potência, o mesmo que o Prius.

A atualização da linha de montagem para receber o novo Corolla demandou investimentos de R$ 1 bilhão na fábrica de Indaiatuba, no Interior paulista, onde o sedã é feito.

CONCORRÊNCIA

O segmento de sedãs mêdios anda movimentado. O Honda Civic adotou o visual de sua versão norte-ame­ri­cana, e o Che­vrolet Cruze che­ga à li­nha 2020 também reestilizado e com no­­vidades, como a confi­gu­ra­ção top de linha Premier e co­ne­­xão wi-fi nativa de alta velocidade.

As alterações devem acirrar a briga no segmento de sedãs médios. Se­gun­do a Fede­ra­ção Na­­cional da Distribui­ção de Veícu­­los Automotores (Fena­bra­ve), o modelo produzido em Indaiatu­­ba lidera as vendas com 32 mil unidades emplacadas entre janeiro e julho, contra 16 mil do Civic e 10,5 mil do Cruze.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*