Esportes, Seleção Brasileira

Tite faz mistério sobre escalação da seleção contra o Uruguai

Em seu primeiro tra­balho com o grupo inteiro à disposição, Tite preferiu manter o mistério e não abriu a escalação da seleção brasileira que mandará a campo para enfrentar o Uruguai, amanhã (16), no Emirates Stadium, em Londres. Em treino rea­lizado ontem, o comandante liberou apenas os 20 minutos iniciais de acesso ao gramado para a impren­sa no CT do Arsenal.

Tite esboçou somente a formação adversária, com duas linhas de quatro bonecos para simular a dificuldade que Neymar e companhia terão pela frente.

O meia Renato Augusto – que, enfim, chegou da China na última noite – desceu para o campo normalmente. O jogador foi o último a se apresentar após ser chamado para substituir Philippe Coutinho, do Barcelona, cortado.

Rafinha Alcântara e Alex Sandro, convocados para as vagas de Casemiro e Marcelo, também lesionados, já se encontravam com a delegação.

O atleta do Beijing Gu­oan está cotado para começar o amistoso contra os uruguaios como titular, mas ainda precisa ter a condição física avaliada. Caso não passe nos testes, outro veterano, Paulinho, deve ficar com o lugar.

A escalação mais pro­vável da seleção é Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Walace, Arthur e Renato Augusto; Douglas Costa, Neymar e Roberto Firmino.

“É uma partida muito importante para a gente, é um rival de peso, a gente sabe da nossa rivalidade com eles (uruguaios) e a dificuldade que é jogar contra o Uruguai”, afirmou Filipe Luís , em entrevista ao canal de TV da CBF.

O time comandado por Tite ainda faz mais um trabalho hoje, às 12h30 (de Brasília), antes de enfrentar o Uruguai. Depois da partida, a delegação se desloca até Milton Keynes, nos arredores de Londres, para encerrar o ano contra Camarões, na próxima terça-feira.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*