Copa do mundo, Esportes

Tite espera Neymar são, experiente e influente

Tite espera Neymar são, experiente e influente
Neymar treinou com bola na Granja Comary. Foto: Pedro Martins/MoWA Press

A seleção brasileira de Tite que disputará a Copa do Mundo da Rússia gira em torno de Neymar, 26 anos. A definição óbvia se explica pela relevância do atacante, mas também pelo histórico do jogador com os demais convocados da equipe.

Expoente de sua geração, Neymar é quem fez mais jogos pelo Brasil entre os chamados para o Mundial. Ao seu redor terá atletas que foram seus coadjuvantes na seleção, em equipes de base e clubes.

Neymar já atuou na base ou em times com nove dos outros 22 convocados de Tite para o Mundial da Rússia.

“Desde que o conheci aqui dentro, Neymar cresceu muito. Vocês (jornalistas) também veem isso. É muito descontraído, alegre e feliz. Tem relacionamento fantástico com os jogadores. Então, além da genialidade, com essa forma espontânea de viver, Neymar ajuda muito a gente aqui”, afirmou o preparador de goleiros Taffarel.

A avaliação é a mesma do restante da comissão técnica. Tite e seus auxiliares consideram o atacante do PSG como o nome mais influente no vestiário da seleção.

A experiência conta a seu favor. Fez 83 jogos e 53 gols pela seleção principal.

Ajuda também o fato de Neymar já conhecer os jogadores da seleção de outras épocas. O goleiro Alisson, o volante Casemiro e o meia-atacante Philippe Coutinho, por exemplo, já atuavam com o craque na seleção sub-17 que disputou o Mundial da ca­tegoria na Nigéria, em 2009.

Em campo

Ontem, o atacante tentou mostrar estar são. Neymar não disputa uma partida desde sua lesão no pé direito, em 25 de fevereiro. Com Gabriel Jesus e Danilo, treinou com bola no campo da Granja Comary, em Teresópolis.

A comissão técnica do Bra­sil observa com cuidado a recuperação de Neymar, que passou por uma cirurgia do quinto metatarso do pé direito no início de março.

Neymar fez seu primei­ro treino com bola na última quinta-feira, juntamente com os demais companheiros do PSG.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*