Minha Cidade, Santo André, Sua região

Tiro de Guerra de Santo André participa de ação de reflorestamento no Parque Guaraciaba

Tiro de Guerra de Santo André participa de ação de reflorestamento no Parque Guaraciaba
Plantio faz parte de compensação ambiental pela ampliação do aterro sanitário,
que fica ao lado do parque. Foto: Divulgação/Semasa

Cerca de 50 jovens do Tiro de Guerra de Santo André participaram de mais uma etapa de reflorestamento da parte norte do Parque Guaraciaba, que fica ao lado do Aterro Sanitário da cidade. A ação, realizada pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André),  é uma medida de compensação ambiental por causa da ampliação do aterro, implantada gradativamente a partir de 2014 e cuja última fase foi liberada pela Cetesb no início deste ano.
Os representantes da instituição militar plantaram mais de 260 mudas de árvores florísticas e frutíferas, que foram retiradas do viveiro do Parque do Pedroso e do DMAV (Departamento de Manutenção de Áreas Verdes) da Prefeitura de Santo André. Desde dezembro de 2016, o Semasa já plantou 1.791 mudas, em um espaço equivalente a 10 mil m² quadrados do Parque Guaraciaba. Ao todo, a medida de compensação ambiental prevê o reflorestamento de 3.846 árvores em uma área de mais de 23 mil m².

A ação com os jovens do Tiro de Guerra fez parte do projeto Agentes Ambientais Comunitários, desenvolvido pela equipe de educação ambiental do Semasa. Desde maio, os jovens que participaram do reflorestamento aprenderam temas como desmatamento, resíduos sólidos, água e meio ambiente, saúde e meio ambiente, riscos ambientais e legislação, além da prática do plantio.

“Sensação de dever cumprido. Um dia vou ver essa região cheia de árvores e vou lembrar que contribui para isso”, comentou o atirador Gustavo Ayala de Brito, que plantou várias mudas de árvores.

Em 1º de setembro do ano passado, jovens e aprendizes da Etec Júlio de Mesquita e da Clasa (Casa Lions dos Adolescentes de Santo André) também receberam educação ambiental para realizar o plantio de 300 espécies nativas da Mata Atlântica na parte norte do Parque Guaraciaba.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*