Diadema, Minha Cidade, Sua região

Temporal causa deslizamentos e inunda casas em Diadema

Soffner: “toda assistência necessária será dada às famílias que perderam seus pertences”. Foto: Eberly LaurindoUm temporal que atingiu Diadema na noite de quinta-feira (2) provocou deslizamentos de terra, alagamentos e interditou cinco casas. Na sexta-feira, a Defesa Civil vistoriou as casas junto com a equipe social e cadastrou os moradores.

Um temporal que atingiu Diadema na noite de quinta-feira (2) provocou deslizamentos de terra, alagamentos e interditou cinco casas. Hoje, a Defesa Civil vistoriou as casas junto com a equipe social e cadastrou os moradores.

A Prefeitura de Diadema informou por meio de nota que em decorrência do forte temporal que atingiu o município na noite desta quinta, a Defesa Civil, as secretaria de Obras, Habitação e Transportes estiveram de prontidão atendendo as ocorrências.

O piscinão Casa Grande ultrapassou o limite da capacidade e a água  invadiu as casas do entorno. No local, quatro casas foram interditadas e sete famílias estão sendo acompanhadas pela equipe social da Secretaria de Habitação. Foram fornecidos colchões, cobertores, cestas básicas e roupas. Algumas famílias optaram em se alocar em casas de parentes. As demais serão atendidas no programa de Bolsa Aluguel da prefeitura.

No piscinão, funcionários encontraram o corpo de uma mulher que já está em fase de decomposição. A Polícia ainda não relaciona a morte às chuvas de ontem.

Na Avenida Piraporinha, na divisa com São Bernardo, carros foram arrastados pela força da correnteza. No Jardim Marilene, na Rua Maria Cândida de Oliveira, devido ao deslizamento de terra, uma casa foi interditada. A secretaria de Serviços e Obras está limpando as áreas afetadas.

Segundo o secretário de Defesa Social, coronel Marcel Lacerda Soffner, que acompanhou as vistorias, a prefeitura está trabalhando intensamente para tentar diminuir o sofrimento destas famílias. “Toda assistência necessária será dada às famílias que perderam seus pertences. Nossa equipe está na rua desde ontem com viaturas da GCM. Hoje, a Defesa Civil está vistoriando as casas junto com a equipe social e cadastrando os moradores. O Governo está à disposição”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*