Saúde e Beleza

Tem início a terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe

Estado de SP atingiu 40% da meta de imunização. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Estado de SP atingiu 40% da meta de imunização. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Pessoas com comorbidades e com deficiência permanente podem tomar a dose nesta fase

A terceira e última etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou nesta quarta-feira (9) e vai até 9 de julho. Esta fase abrangerá cerca de 22 milhões de pessoas.

No período serão imunizados integrantes das forças de segurança e salvamento; pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente; caminhoneiros; traba­lha­dores de transporte coletivo rodoviário; trabalhadores portuários; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes em medidas socioeducativas.

Até o fim da campanha, a expectativa do Ministério da Saúde é distribuir 80 milhões de doses da vacina influenza trivalente, produzida pelo Instituto Butantan, para imunizar um público-alvo de 79,7 milhões de pessoas. Desse total, até agora, foram alcançados 29,5% do público.

SÃO PAULO

Cerca de 5,5 milhões de pessoas foram vacinadas contra a gripe no estado de São Paulo,apenas 40% da meta de imunizar 13 milhões nas primeiras duas fases da campanha de vacinação contra a Influenza.
Apesar de estar abaixo da meta, a cobertura vacinal no estado é superior à média nacional. Em todo o Brasil, menos de 30% do público-alvo compareceu a um posto de saúde para tomar a vacina de gripe este ano.

ABAIXO DA META

Na primeira fase, iniciada no dia 12 de abril, a campanha era destinada a vacinar 5,5 milhões de crianças, gestantes, profissionais da saúde e puérperas, além de indígenas. Mas apenas 2,7 milhões de pessoas desse público-alvo compareceram aos postos de saúde – 1,79 milhão de crianças (54,4% de cobertura vacinal), 208,2 mil gestantes (47,6%), 683 mil profissionais da saúde (44%), 39,1 mil puérperas (54,4%) e 5,8 mil indígenas (100%).

Na segunda fase da campanha, terminada nesta terça-feira, era a vez de imunizar 7,8 milhões de idosos e professores, mas apenas 2,7 mi­lhões compareceram. Desses grupos, foram vacinados 2,5 mi­lhões de idosos (35,4%) e 195,2 mil professores (35,8%).
De acordo com a Secretaria de Saúde, esses grupos podem continuar comparecendo aos postos mesmo com o início da terceira etapa da campanha, que se estende até o dia 9 de julho.

“Contamos com a participação dos nossos idosos e também dos professores para que se protejam contra o vírus Influenza. É fundamental a conscientização de todos os públicos da campanha para a vacinação”, reforçou a diretora de Imunização da Secretaria, Nubia Araújo.

Segundo dados da secretaria, em 2020, foram registrados no Estado de São Paulo, 809 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) atribuíveis ao vírus Influenza, com 119 óbitos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*