Arte & Lazer, Cinema

Telecine exibe documentário ‘Os oito odiados’, reverência a Tarantino

Telecine exibe documentário 'Os oito odiados', reverência a Tarantino
Documentário investiga a carreira de Tarantino, que começa em 1992, com Cães de Aluguel. Foto: Reprodução

Em 2004, Quentin Tarantino presidia o júri do Festival de Cannes que atribuiu a Palma de Ouro a Fahrenheit 9/11, de Michael Moore. Tarantino e documentário não têm nada a ver. Nos filmes recentes, o diretor tem usado a ficção mais delirante para reescrever a história – matou Hitler num atentado em Bastardos Inglórios e impediu que Sharon Tate fosse assassinada em Era Uma Vez em Hollywood.

Além de fazer documentários na primeira pessoa, Moore tem fama de manipulador. No caso específico de Fahrenheit 9/11, o objetivo era político – impedir a reeleição de George W. Bush. Vale lembrar tudo isso porque nesta terça (11), Tarantino é duplamente destaque no Telecine Cult. Às 20h10, passa o documentário Os Oito Primeiros, de Tara Wood, que será seguido, às 22h, por Bastardos Inglórios.

Com Os Oito Primeiros pegando carona em Os Oito Odiados e considerando os dois volumes de Kill Bill um só filme, Tara Wood investiga a carreira de Tarantino. A história começa em 1992, com Cães de Aluguel, e prossegue com a Palma de Ouro para Pulp Fiction dois anos depois.

Tarantino fez sua formação nas videolocadoras. Assimilou tudo – clássicos noir, blaxploitation movies (filmes protagonizados e realizados por atores e diretores negros e tinham como público-alvo, principalmente, os negros norte-americanos), filmes de sabre, artes marciais, spaghetti westerns. Construiu sua estética com base em diálogos afiados e a desmontagem dos clichês de gêneros

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*