Esportes, Futebol

Técnico Eduardo Baptista vai deixar a Ponte Preta para assumir o Palmeiras

Anúncio da saída de Baptista da Ponte ocorre hoje. Foto: ArquivoO técnico Eduardo Baptista, da Ponte Preta, já tem tudo certo para comandar o Palmeiras e ser o substituto de Cuca, que deixou o clube alviverde nesta semana por razões particulares.

O anúncio oficial da sua saída da Ponte Preta será feito em coletiva hoje (2), no estádio Moisés Lucarelli, às 10h (de Brasília).

O Palmeiras ainda não confirmou o acerto com o treinador, mas Baptista já disse a pessoas próximas que deixará a Ponte para assumir o comando do alviverde.

O presidente da Ponte Preta, Vanderlei Pereira, o diretor de futebol Hélio Kazuo e o gerente de futebol Gustavo Bueno também vão participar da coletiva de despedida de Eduardo Baptista.

O treinador tem contrato com a Ponte Preta até o fim de 2017. O vínculo foi renovado em setembro, após o treinador recusar convite para comandar o Corinthians.

Filho do também técnico Nelsinho Baptista, Eduardo já trabalhou no Sport, onde conquistou a Copa do Nordeste e o Campeonato Pernambucano em 2014, e no Fluminense. Está na Ponte Preta desde abril, após a saída de Alexandre Gallo.

Pai barrou Evair

Eduardo Baptista começou a carreira como preparador físico, em 1998. Pode chegar ao Palmeiras com alguma rejeição. Não por qualquer atitude sua, mas pelo passado de seu pai.

Nelsinho assumiu como técnico palmeirense em 1992, pouco depois do retorno do atacante Evair. O treinador provocou a ira dos torcedores ao afastar o ídolo e outros três jogadores – Andrei, Jorginho e Ivan – apontando deficiência técnica.

O comandante deixou o Palmeiras. Evair ficou e se tornou herói na histórica conquista do Campeonato Paulista de 1993, que encerrou o jejum. Ficou também ressentimento em alguns torcedores pelo tratamento dado ao atacante.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*