Esportes, Futebol

Técnico Carlos Alberto Silva morre aos 77 anos

O ex-treinador Carlos Alberto Silva, campeão brasileiro com o Guarani, morreu ontem (20) aos 77 anos em sua casa, em Belo Horizonte (MG). A causa não foi divulgada.

Carlos Alberto havia passado por uma cirurgia no coração no fim de 2016. Estava em casa depois da operação, ainda em fase de recuperação. O ex-treinador teria ido dormir normalmente na quinta-feira e não acordou na manhã de ontem.

O enterro está previsto para as 11h de hoje, no Parque da Colina. Em sua página no Twitter, o Guarani se manifestou sobre a morte de Carlos Alberto. “Obrigado por tudo, mestre”, escreveu.
Também ídolo do Guarani, Amoroso chegou a usar sua página no Twitter para se despedir de Carlos Alberto.

História

Natural de Belo Horizonte, Carlos Alberto se formou em educação física e ganhou notoriedade no mundo da bola logo em seu primeiro trabalho, quando conduziu o Guarani ao primeiro e único título brasileiro de sua história. A conquista ocorreu em 1978, quando os campineiros bateram o Palmeiras na decisão.

Depois do feito, o técnico chamou atenção de grandes clubes brasileiros e logo foi contratado pelo São Paulo, onde acumulou dois títulos em duas passagens. Na primeira experiência, entre 1980 e 1981, foi campeão paulista no primeiro ano. Depois, comandou o time entre 1989 e 1990, também levantando a taça do campeonato estadual.

Além do São Paulo, Silva acumulou passagens por Atlético-MG, onde foi campeão mineiro, e pelo Santa Cruz, onde foi campeão pernambucano. Outros clubes nos quais trabalhou são Sport, Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras, Goiás, América-MG e Santos.
Silva também brilhou no exterior. Foi bicampeão português com o Porto (1992 e 1993) e conquistou o campeonato japonês com o Kawasaki, em 1991.

“Em um momento triste como esse, primeiro deixo minha solidariedade à família deste homem, pelo qual tenho profundo respeito e admiração”, afirmou o técnico da seleção, Tite, que foi treinado por Carlos Alberto no Guarani.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*