Editorias, Notícias

Taxa de desemprego é de 11,8% no trimestre até outubro

No último ano, quase 3 milhões de pessoas ficaram desempregadas no Brasil, um aumento de 33% no contingente de pessoas buscando emprego.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego no trimestre de agosto a outubro deste ano foi de 11,8%, a maior da atual pesquisa de emprego, iniciada em 2012. São 12,042 milhões de pessoas desempregadas.

Nos últimos três meses, o número de desocupados aumentou em 195 mil pessoas.

Em relação ao trimestre anterior (maio a julho), a taxa de desemprego ficou praticamente estável, oscilando de 11,6% para 11,8%.

O aumento da desocupação ocorre em um período em que, tradicionalmente, o desemprego cai, em razão das vagas de emprego temporários geradas no Natal.

Em relação ao resultado de igual período do ano passado, a taxa de desemprego disparou de 8,9% para 11,8%.

O rendimento médio habitual subiu 0,9% ante o trimestre encerrado em julho, para R$ 2.025. Em relação ao mesmo período do ano anterior, o rendimento registrado foi 1,3% menor.
População ocupada

A população que informou ao IBGE estar ocupada recuou em 2,4 milhões de pessoas em um ano. No trimestre encerrado em outubro de 2015, os ocupados eram 92,29 milhões de pessoas. No mesmo mês deste ano são 89,88 milhões.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*