Diadema, Política-ABC, Sua região

Taka Yamauchi reafirma permanência no PSD

Taka confirmou sondagem do PSDB e outras legendas, mas garantiu que fica no PSD. Foto: ArquivoO candidato derrotado a prefeito de Diadema em 2016 e secretário de Obras de Ribeirão Pires, Taka Yamauchi (PSD), descartou que esteja se preparando para deixar o partido. Nas últimas semanas circulou nas redes sociais e nos bastidores da política que Taka iria apresentar nominata para concorrer à nova direção do diretório municipal.

“Recebi muitas ligações, mas isso não procede. Estou muito bem no PSD, com a condição leal de disputa que me foi dada em 2016. Não puxou o tapete. Foi um partido amigo, que me abriu portas e me deu toda a notoriedade que hoje tenho”, declarou. Segundo Taka, representantes do PSDB e de outras legendas sondaram seu interesse em trocar de sigla, mas não houve nenhum convite oficial.

O secretário de Ribeirão reiterou que está à disposição do PSD para disputar a eleição de 2018 – seu nome é cotado para concorrer a deputado estadual em dobradinha com o também candidato derrotado a prefeito de Diadema e ex-vereador Wagner Feitoza, o Vaguinho (PRB) concorrendo a deputado estadual – ou esperar pela eleição municipal de 2020.

“O Kassab (Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD) reafirmou que há um interesse em que eu dispute em 2018, mas existem coisas que ainda estão sendo acertadas. Sou um soldado do partido e tanto para deputado, quanto para prefeito, estarei pronto para a disputa, mas sem trocar de partido”, garantiu.

Taka avalia que o episódio de envolvimento de seu nome como uma alternativa para o PSDB de Diadema tem dois objetivos distintos. “Em parte, cria-se tumulto em torno do meu projeto no PSD, o que de alguma forma favorece alguns adversários”, pontuou. “Por outro lado, vejo que é um recado claro de que o PSDB procura outras lideranças e que não está satisfeito com a aliança que existe desde 2012 com o prefeito Lauro Michels (PV)”, concluiu.

O ex-candidato criticou a postura adotada pelo verde. “É uma pessoa que não cultiva amizades, parcerias. Quer ter a estrela própria e senti que o pessoal está meio chateado nesse sentido”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*