Brasileirão, Esportes

Sport freia reação do Corinthians no Brasileiro, vence e deixa zona da degola

Sport freia reação do Corinthians no Brasileiro, vence e deixa zona da degola
O Corinthians parou na marcação do Leão e teve muita dificuldade para criar na Arena Pernambuco. Foto: Anderson Stevens/SCR

O Sport conquistou sua terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro ao derrotar em casa o Corinthians por 1 a 0, neste sábado (9), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE). O resultado freou a reação do alvinegro na competição, que estava invicto havia dez partidas, e tirou a equipe pernambucana da zona de rebaixamento.

Sem Willian, poupado por causa de incômodo na coxa esquerda, o Corinthians tinha muita dificuldade para criar jogadas e levar perigo ao Sport. Do outro lado, o Leão era mais incisivo, mesmo não tendo maior posse de bola, e passou a levar perigo para o gol de Cássio.

A primeira boa chance veio com Gustavo, que tabelou na entrada da área e mandou no canto, com perigo. A bola passou perto e assustou o goleiro Cássio. Pouco tempo depois, aos 23, na cobrança de escanteio, o zagueiro Sabino cabeceou sozinho e marcou o gol, mas Rafael Thyere, em impedimento, estava na direção da bola e atrapalhou Cássio. Após revisão do VAR, o gol foi anulado.

Mesmo com o susto, o Corinthians não reagiu na partida e continuou acuado e sem saber o que fazer com a bola no ataque. O Sport aproveitava para criar as jogadas e levava perigo, principalmente com Gustavo e Mikael. O primeiro se livrava da marcação com bons dribles e o segundo incomodava os zagueiros alvinegros. Mesmo assim, nos primeiros 45 minutos a equipe paulista conseguiu se segurar.

Na etapa final o duelo ficou mais aberto. Sylvinho soltou um pouco mais seu time e deu margem para os contra-ataques do Sport. Com isso apareceram algumas chances para o Corinthians, mas o time também sofreu com a velocidade do Sport. Até por isso, o treinador alvinegro tratou de segurar um pouco mais seus laterais, Fagner e Fábio Santos.

Sem conseguir furar o bloqueio defensivo do adversário, os dois treinadores optaram por mexer na equipe para tentar o gol da vitória. O Corinthians apostou em Adson e Gustavo Mosquito. Do outro lado, o técnico Gustavo Florentín foi mais ousado e colocou três jogadores mais ofensivos, dando fôlego novo ao seu ataque.

As substituições surtiram efeito e, aos 35 minutos, Paulinho Moccelin, que tinha acabado de entrar, recebeu pela esquerda, ajeitou para o lado a fim de fugir da marcação de Fagner e mandou para o gol. Cássio tentou alcançar, mas não conseguiu, e a bola morreu no fundo da rede. Gol do Sport, para alegria da torcida local.

Em desvantagem, o Corinthians partiu para cima, em busca do empate, e quase conseguiu com Gabriel Pereira. O corintiano fez jogada individual e chutou, mas o goleiro Mailson fez ótima defesa e evitou o gol. A partir daí o Sport conseguiu se segurar e conquistou a terceira vitória seguida, respirando um pouco mais aliviado no Brasileirão.

SPORT 1 x 0 CORINTHIANS

Gol: Paulinho Moccelin, aos 35 minutos do segundo tempo. Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF). Renda: R$ 153.560 (2.489 pagantes). Estádio: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

SPORT

Mailson; Ewerthon, Thyere (Chico), Sabino e Sander; Marcão, Zé Welison e Luciano Juba (Paulinho Moccelin); Everton Felipe (Tréllez), Gustavo (Leandro Barcia) e Mikael. Técnico: Gustavo Florentín.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Gustavo Mosquito), Giuliano e Renato Augusto (Mantuan); Gabriel Pereira (Luan), Jô (Adson) e Róger Guedes. Técnico: Sylvinho.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*