Esportes, Futebol

Sornoza aceita redução salarial e deve trocar Corinthians pela LDU

O meia Sornoza deu mais um passo para deixar o Corin­thians e acertar com a LDU, do Equador. O principal empecilho para a negociação ser sacramentada até então era o alto salário do jogador – que, agora, aceitou receber menos para voltar ao país de origem.

O equatoriano deve ser o terceiro jogador do atual elenco a deixar o alvinegro paulista. O volante Junior Urso vai para o Orlando City, e o meia-ata­cante Clayson está perto do acerto com o Bahia.
Sem esses três jogadores, o Corinthians deve reduzir em cerca de R$ 1 milhão a folha salarial mensal.

Sornoza tem contrato até o final de 2022 com o Corinthians e deve ser emprestado até dezembro de 2020, com a opção de compra ao término deste período por valor pré-fixado. Dessa forma, o clube brasileiro se li­vraria de seu custo salarial.

O equatoriano chegou ao Parque São Jorge no início da temporada, contrata­do junto ao Fluminense. Co­meçou entre os titulares e se destacou pela bola parada durante o Campeonato Paulista. Terminou o ano como líder em assistências (11 no total), mas também na reserva. Perdeu espaço após a saída do técnico Fábio Carille.

Até agora, o Corinthians formalizou apenas a contratação do atacante Luan, ex-Grêmio. A diretoria tenta também trazer o volante Cantillo, do Junior Barranquilla-COL, e o atacante Michael, do Goiás.

FILME

A conquista do bicampeonato mundial de 2012 vai virar filme. Intitulado “Vai, Corinthians” o documentário será produzido pela Canal Azul, terá Marcela Coelho e Ricardo Aidar como diretores e contará com a participação da Fiel. Em seu site, o clube pediu aos torcedores que estiveram no Japão nesse período que enviem vídeos. Há sete anos, o alvinegro bateu o Chelsea por 1 a 0 na final do torneio.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*