Brasil, Editorias, Notícias

Sobe para seis o número de mortos devido a chuvas no Espírito Santo

Sobe para seis o número de mortos devido a chuvas no Espírito Santo
Iconha foi um dos munipios do Espírito Santo atingidos pelas chuvas. Foto: Divulgação/GEES

Um novo balanço, divulgado na tarde deste sábado (18) pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo, informa que subiu para seis o número mortos devido à forte chuva que atinge a região Sul do Estado desde a sexta-feira. Três pessoas morreram no município de Iconha. Em Alfredo Chaves, onde foi registrado o maior volume de chuvas (249,4 milímetros nas últimas 24 horas), duas pessoas morreram soterradas no distrito de Cachoeirinhas e uma morte foi registrada no distrito de Recreio.

O rompimento do Dique de Limeira, localizado entre Limeira e Jabaquara, provocou inundação em parte do distrito, deixando 20 famílias desabrigadas. Essas famílias foram encaminhadas para o Centro de Convivência de Limeira, no município de Anchieta.

Em Iconha, uma passarela e duas pontes desabaram, o Hospital Danilo Monteiro de Castro foi inundado até o segundo andar, e carros e árvores foram arrastados pela correnteza. Em Alfredo Chaves, barreiras caíram na localidade de São Marcos, uma ponte desabou e há pontos de alagamento em toda a cidade.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, houve deslizamento de terra na BR-101, na altura do quilômetro 434, e a pista ainda está parcialmente interditada. Na BR-262 foi registrado deslizamento próximo ao quilômetro 78, e a via também segue parcialmente interditada.

GOVERNO ESTADUAL

O governador do Espirito Santo, Renato Casagrande (PSB), acompanhou na manhã deste sábado, no município de Iconha, o trabalho das equipes da Defesa Civil Estadual e do Corpo de Bombeiros na assistência às pessoas atingidas pelas fortes chuvas. Casagrande afirmou que o governo vai dar apoio ao município e às pessoas afetadas.

“No primeiro momento, vamos dar suporte a quem precisa de abrigo. Vamos ofertar água potável, alimento, materiais de higiene pessoal, colchões e medicamentos. Muitas casas estão sem água, então vamos disponibilizar caminhões-pipa e a Cesan (Companhia Espírito Santense de Saneamento) vai ajudar na limpeza das ruas. Estamos em contato com a ECO 101 (EcoRodovias) para que ajudem na retirada dos carros, pois muitos foram arrastados”, disse, em nota.

Em publicação nas redes sociais, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, afirmou: “Avisei ao governador que o presidente Bolsonaro oferece toda ajuda necessária à população capixaba.”

um comentário

  1. Investir em obras de infra estrutura para evitar enchentes e alagamentos além de melhorar o saneamento básico salva vidas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*