Brasileirão, Esportes, Futebol

‘Só não vê quem não quer’, diz Dorival sobre evolução do São Paulo

O São Paulo entra em campo amanhã (17), contra o Vitória, em Salvador, em mais um confronto direto na fuga do rebaixamento do Brasileiro. O Tricolor não tem se dado bem contra adversários da parte debaixo da tabela de classificação, mas o técnico Dorival Júnior crê que a sorte vai estar ao lado do tricolor.

“Concordo que os resultados não estão vindo, mas as mudanças têm acontecido. Está havendo uma evolução, é perceptível. Só não vê quem não quer. Estamos bem perto de viver um novo momento. Nossa margem de erro é menor a cada rodada”, disse o técnico de 55 anos.

Dorival é o primeiro integrante do clube a se pronunciar após a reunião realizada com torcedores, na última quarta-feira. O treinador estava temeroso com o encontro. “Eu tinha preocupações, porque todo o trabalho que vem sendo feito de motivação poderia ser prejudicado. Não foi o que aconteceu. Muito mais do que cobrança, houve reconhecimento da luta e da entrega dos jogadores”, comentou.

Em cima deste assunto, o treinador ressaltou que o seu trabalho começou há pouco mais de dois meses. “Se pegarmos a equipe hoje, vamos ver jogadores que fizeram poucas partidas. É remontagem, trabalho refeito dentro da competição. É natural que ainda não sustentemos uma condição boa 90 minutos.”

Dorival ainda falou sobre a ajuda que o ex-treinador e atual comentarista Muricy Ramalho, de 61 anos, deve dar ao clube. “Qualquer auxílio será bem-vindo. Muricy é meu amigo e me ligou preocupado com a repercussão. Tem suas limitações, mas quer vir tomar um café. Comigo nunca teve esse tipo de problema. É uma história que merece respeito e consideração”, disse Dorival, que comentou também o silêncio dos jogadores nesta semana.

“Não foi nada deliberado, mas temos de falar o mínimo possível e trabalhar o máximo”, disse.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*