Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Servidores de São Bernardo protestam em frente ao Imasf contra terceirização do plano de saúde

Sindserv afirma que não há diálogo entre a prefeitura e a categoria em relação à mudança. Foto cedida ao Diário Regional por Dmitri Czar
Sindserv afirma que não há diálogo entre a prefeitura e a categoria em relação à mudança. Foto cedida ao Diário Regional por Dmitri Czar

Servidores de São Bernardo se reuniram nesta quarta-feira (16) em frente ao prédio Instituto Municipal de Assistência à Saúde do Funcionalismo (Imasf), preocupados com a terceirização da assistência médica.

Segundo Célio Vieira, diretor do departamento jurídico do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais e Autárquicos de São Bernardo (Sindserv-SBC), não há diálogo entre a prefeitura e a categoria em relação à mudança.

“Infelizmente, o Imasf, segundo a prefeitura tem noticiado, será terceirizada a carteira de todos os servidores, tanto o plano geral básico, como o intermediário e o especial. O prédio já foi vendido. Vai ser construído aqui o Hospital da Mulher futuramente. Só que o prefeito (Orlando Morando/PSDB) não dialoga com os servidores. A superintendente do Imasf (Ana Luisa Oliveira Pontes) não atende os servidores, os fiscais, muito menos o administrativo. Não conversam e vão terceirizar a carteira. Queremos diálogo, para encontrar a melhor maneira de evitar com que isso aconteça”, afirmou o diretor.

A PREFEITURA

Questionada, a prefeitura informou que a autarquia opera sob as leis e dispõe de ampla rede de comunicação com seus beneficiários, como site, atendimento telefônico e e-mail, e reúne também suas informações no Portal da Transparência, bem como no Diário Oficial do Município. “Além disso, dispõe de Conselho Gestor que tem entre seus integrantes be­neficiários que participam de reuniões e atas periodicamente, tendo no último dia 26/05 aprovado a mudança do modelo assistencial”, afirmou.

Segundo a prefeitura, o Imasf cuida da assistência médica e odontológica de 38 mil vidas aproximadamente e, dessas, 58% estão no produto familiar geral básico que, sob aprovação, há cinco anos já são atendidos pelo Grupo Intermédica Notredame.

“A contratação de uma nova operadora será regida pelos trâmites da Lei e com transparência, sendo que essa movimentação é aguardada com expectativa pelos assistidos, por oferecer melhorias à rede de atendimento hospitalar em São Bernardo. Os planos especiais, categoria Imasf, são opcionais com valores diferenciados, igualmente aprovados junto ao conselho e pela Diretoria Executiva, conforme Lei nº 8.666 e suas atualizações”, destacou a administração municipal.

23 Comentários

  1. Maria Izabel da Silva

    Estive ontem no Imasf.Tudo lacrado.Somente o ADM.atendendo.Estou perplexa

  2. Marilda Matheuz Martorelli

    Os servidores públicos tem o plano médico descontado em folha de pagamento e merecem melhores esclarecimentos da Prefeitura de SBC, como uma Assembleia. Senhor prefeito chega de mentiras sobre nosso plano de saúde.

  3. Quase 50 anos que sou beneficiária do IMASF… Já passamos por administrações terríveis, mas ser apunhalada desta forma e ainda com tantas inverdades, é realmente muito triste e frustrante. Uma vida que se vai pelo ralo com uma canetada desse “Digníssimo” que prometeu exatamente o contrário. O IMASF é NOSSO!!!

  4. Conceição Domingos

    Comentários

    Conceição Domingos

    19 de junho de 2021 at 13:06

    Your comment is awaiting moderation.

    É uma vergonha ver tantas mentiras do prefeito Orlando Morando. Não há transparência com os usuários e nem com o Conselho eleitos pelos mesmos. O que existe é “direção de mão única”, o prefeito decide (a Superintendente diz “Amém”) e pronto com o apoio dos vereadores acovardados ou “toma lá, dá cá nos favores”. Infelizmente nosso convênio Imasf está na UTI e o prefeito afirmou em sua live de 17/06/2021 que está tudo bem, funcionando de maneira satisfatória em atendimento aos usuários. Ele esqueceu um detalhe importante: médicos e hospitais descredenciados, como pode estar tudo bem sr. Prefeito?
    É triste e revoltante ver uma pessoa, eleita para fazer o melhor para a sua população, que paga seu salário, agir de maneira tão irresponsável .

  5. Márcia Mendes de Pinho Alves

    Sou beneficiária do Imasf, e ate onde eu sei os usuários não foram informados oficialmente pela prefeitura que haverá a contratação de uma nova operadora, muito menos consultados, isso demonstra a falta de respeito e transparência com os funcionários, usuários deste serviço, que também na grande maioria são municipes. Gostaria de saber sobre as expectativas de melhorias mencionados acima, qual foi o canal utilizado e o que foi proposto, não fui consultada. Se chegou ha alguém, por favor se manifeste? Tudo o queremos e respeito, transparencia e atitudes democráticas

  6. Conceição Domingos

    É uma vergonha ver tantas mentiras do prefeito Orlando Morando. Não há transparência com os usuários e nem com o Conselho eleitos pelos mesmos. O que existe é “mão de direção única” , o prefeito decide (a Superintendente diz “Amém”) e pronto com o apoio dos vereadores acovardados ou “toma lá, dá cá nos favores”. Infelizmente nosso convênio Imasf está na UTI e o prefeito afirmou na live de 17/06/2021 que está tudo bem, funcionando de maneira satisfatória em atendimento aos usuários. Ele esqueceu um detalhe importante: médicos e hospitais descredenciados, como pode estar tudo bem?
    É triste e revoltante ver uma pessoa, eleita para fazer o melhor para a sua população, que paga seu salário, agir de maneira tão irresponsável .

  7. O prefeito nunca se preocupou com os usuários do Imasf , diferente da sua.fala quando se candidatou à prefeitura de SBC. Na ocasião, prometeu reunir -se com os mesmos e que.faria tudo para melhorar as condicoes do IMASF. Entendi… promessas de.campanha…

  8. Vania Nogueira dos santos

    A declaração da prefeitura não é verdadeira. O produto familiar básico que foi repassado para a Notredame não foi aprovado pelos usuários como tb não queremos ser jogados para qualquer operadora de saúde depois de pagar 30, 40, 50 anos e amargar com todas as perdas do patrimônio do Imasf adquirido ao longo dos anos através, majoritariamente, dos recursos dos usuários e o pior arcar com o aumento abusivo das contribuições com essa mudança, sem falar do custo da qualidade do nosso atendimento e do respeito às nossas vidas!!! Essa administração não é transparente e não somos consultados para nada. Logo esse projeto chegará na Câmara e nossos digníssimo vereadores o aprovação, sem tonar ciência do que está ocorrendo e para simplesmente anuir com a administração, negando o primordial dever de zelar pelo que é justo, e pelos servidores que em última instância são munícipes.

  9. Vania Nogueira dos santos

    A declaração da prefeitura não é verdadeira. O produto familiar básico foi repassado para a Notredame não foi aprovada pelos usuários como tb não queremos ser jogados para qualquer operadora de saúde depois de pagar 30, 40, 50 anos e amargar com todas as perdas do patrimônio do Imasf adquirido ao longo dos anos através, majoritariamente, dos recursos dos usuários e o pior arcar com o aumento abusivo das contribuições com essa mudança, sem falar do custo da qualidade do nosso atendimento e do respeito às nossas vidas!!! Essa administração não é transparente e não somos consultados para nada. Logo esse projeto chegará na Câmara e nossos digníssimo vereadores o aprovação, sem tonar ciência do que está ocorrendo e para simplesmente anuir com a administração, negando o primordial dever de zelar pelo que é justo, e pelos servidores que em última instância são munícipes.

  10. Acreditar num grupo de políticos q se elegem por 4 anos ou em funcionários públicos concursados q se aposentam após 30/35 anos de trabalho? O Imasf é uma autarquia sem fins lucrativos onde existem por volta de 20 mil conveniados, descontado em folha de pagamento, sem inadimplência. Será que esse faturamento é pouco? Pense e decida em quem acreditar…

  11. Bom dia! Segundo o Sr prefeito na noite de ontem, informou que a licitação para mudança do plano ocorre de 4em 4 anos. Sou beneficiária desde 2072 e nunca houve essa situação, por se tratar de auto gestão. Pura mentira.corrigindo sou beneficiária desde 1972.

  12. Bom dia! Segundo o Sr prefeito na noite de ontem, informou que a licitação para mudança do plano ocorre de 4em 4 anos. Sou beneficiária desde 2072 e nunca houve essa situação, por se tratar de auto gestão. Pura mentira.

  13. Posso assegurar como beneficiária do Imasf, que não queremos a terceirização do plano. Nem o prefeito e nem os vereadores quiseram nos receber para um diálogo . Um faz , os outros aprovam . Mentiras em cima de mentiras.

  14. Sou usuária do IMASF ! Tenho muito orgulho de ter participado na construção deste que foi o mais importante modelo de gestão de um atendimento à SAÚDE do Estado, quiçá do BRASIL
    Este Prefeito que se arvora em dizer que age com transparência está mentindo. Urdiu o mais SÓRDIDO plano para levar à Bancarrota nosso IMASF, com a anuência dos “NOBRES EDIS”.
    Qualquer dúvida à respeito procurem descobrir a verdade com os CONSELHEIRO ELEITOS, com membros da AUIMASF.
    IMPORTANTE OUVIR A TODOS!

  15. O que o prefeito Orlando Morando está fazendo com o IMASF , na realidade, é um verdadeiro desmanche, descredenciando hospitais e médicos. Mudança de Lei para que ele, prefeito, tenha total poder de mando. Os conselheiros eleitos pelos usuários não podem nem se quer ter acesso aos documentos para poder opinar. Agora vem com a terceirização sem nenhuma transparência. É um horror o que este homem está fazendo com a nossa assistência medica

  16. A “fala ” da prefeitura não é correta.
    A reunião do dia 26/05 não foi aprovada pelos conselheiros eleitos. Como a maioria pertence ao conselho indicado pelo prefeito. Quem desempata pertence ao conselho indicado.
    Essa fala da prefeitura não procede.
    Estamos à deriva. O imasf possui patrimonio.
    Não somos atendidos nem pelo prefeito e nem pela suprindentende.

  17. MARIA Aparecida BRUMATTI

    Quanta mentira. Onde está a transparência? Onde é quando pudemos opinar?

  18. Janaina Barbosa Montes

    Sou beneficiária do imasf.
    Administração mentirosa que está acabando com o imasf.

  19. Transparência não temos, uma vez que os conselheiros por nós eleitos, portanto nossos representantes legais, estão sendo excluídos das tomadas de decisões ou não são ouvidos quando buscam dialogar.

  20. Transparência não temos, uma vez que os conselheiros por nós eleitos, portanto nossos representantes legais, estão sendo excluídos das tomadas de decisões ou não são ouvidos quando buscam dialogar.

  21. Nilce Botazini Ribeiro

    Não existe comunicação com beneficiários, não existe transparência com os conselheiros eleitos pelos Servidores. Queremos transparência e Respeito. A nomeação a contratação de nova operadora não pode ser realizada às escuras, pois trata-se de Saúde, os mais interessados somos Nós Servidores que iremos pagar a conta no final.

  22. Brasilina Maria de Paula Fontoura

    Prefeitura mentirosa

  23. Vania Teixeira Mota

    Sou beneficiária do Imasf e posso afirmar com certeza que a fala da prefeitura não é verdadeira. O conselho fiscal e administrativo eleito pelos usuários não tem voz nas reuniões e nem são informados das decisões.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*