Política-ABC, Santo André, Sua região

Serra suspende ciclofaixas por 60 dias

Serra quer reavaliar o contrato, reduzir custos e buscar parcerias. Foto: Divulgação/PSAO prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), anunciou ontem (20), a suspensão por até 60 dias das ciclofaixas de lazer, que funcionam aos domingos. Segundo o governo, a medida se faz necessária para reavaliar o projeto inicial, implementado em 2014, diminuir os custos do contrato, rever o percurso e tratar de parcerias com empresas privadas para viabilizar patrocínio.  A medida passará a valer no dia 29.

Dentro deste período de até dois meses, a administração realizará estudo específico para apresentar à cidade uma política cicloviária. De acordo com o Departamento de Engenharia de Tráfego (DET), a média é de 4,5 mil ciclistas por domingo.

“A necessidade, aliada à extrema urgência que nossa cidade tem de cortar custos e colocar a manutenção em dia, nos fez tomar essa decisão, afinal, temos prioridades neste momento”, destacou o prefeito.

O funcionamento era anteriormente pago com recursos do Fundo Municipal de Trânsito, mas o fundo sofreu alteração em dezembro, data em que se expandiu a utilização do recurso para outras áreas da cidade, como manutenção e serviços de poda.

“Estamos em contato com empresas parceiras, para que possamos financiar total ou parcialmente esse modal de transporte na cidade. Vamos trabalhar em várias frentes para que possamos expandir as rotas, aumentar o número de ciclistas e diminuir os custos do contrato vigente.” O contrato firmado em 2014 previa 42 operações ao ano, com custo de R$ 80 mil por domingo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*