Minha Cidade, Santo André, Sua região

Serra: ‘Santo André está preparada para iniciar a vacinação contra a covid’

Serra vistoriou o Centro de Gestão de Suprimentos de Saúde. Foto: Helber Aggio/PSA
Serra vistoriou o Centro de Gestão de Suprimentos de Saúde. Foto: Helber Aggio/PSA

O prefeito Paulo Serra afirmou nesta quarta-feira (13) que Santo André está estruturado para iniciar o protocolo de vacinação contra o novo coronavírus. A administração municipal se antecipou e possui cerca de 500 mil kits para aplicação de vacinas, compostos por seringas, agu­lhas, luvas e equipamentos de proteção. Para armazenar os imunizantes, também há moderna estrutura de freezer localizada na Central de Imunização.

Em live na semana passada, Serra afirmou que o município está preparado, inclusive, para receber outras vacinas além da Coronavac, como a da Pfizer, que necessita de um superfreezer.

Na manhã desta quarta, o prefeito visitou o Centro de Gestão de Suprimentos de Saúde e a Central de Imunização, para vistoriar os locais onde estão sendo armazenados os insumos e onde ficarão as vacinas contra a Covid-19.

“Queremos compartilhar com a nossa gente a tranquilidade que temos com o resultado do planejamento feito pela gestão. Agora é aguardar que as vacinas sejam enviadas para o município o mais rápido possível. Nossa capacidade é muito eficiente. Temos insumos para cinco meses de vacinação, para imunizar praticamente a cidade inteira. Recebendo as vacinas por parte dos governos estadual e federal, vamos iniciar a imunização com organização, estrutura e planejamento”, destacou Serra.

CONSÓRCIO

Durante a vistoria, Paulo Serra, que atualmente é o presidente do Consórcio Intermunicipal ABC, não descartou a possibilidade de elaborar um plano adicional de imunização para a região, caso necessário. “Se houver vacinas disponíveis para a compra, o Consórcio Intermunicipal tem firmado protocolo para fazer um processo de aquisição. Claro que tudo depende da quantidade de vacinas que estará disponível no país e de como essas doses serão distribuídas. No entanto, precisamos aguardar. Até o dia 25 teremos novidades”, ressaltou.

Segundo o secretário de Saúde, Márcio Chaves, nesta primeira fase, a previsão é imunizar 120 mil pessoas do público-alvo com duas doses, com expectativa de iniciar a vacinação no dia 25 de janeiro e concluir no dia 21 de março. “A vacina é extremamente segura e eficaz para 100% dos casos graves. Então, tem um reflexo importante para todo o sistema de saúde e para a promoção da qualidade de vida das pessoas”, explicou.

Segundo Chaves, há 17 equipes volantes para imunizar pessoas acamadas, inclusive aos sábados e domingos. “As casas de repouso e de retaguarda também receberão essas equipes volantes. Há mais de 1.200 profissionais de saúde preparados para realizar esse amplo programa de vacinação. Toda essa infraestrutura será utilizada à medida que tivermos a disponibilidade de vacina”, completou o secretário de Saúde.

MAIS INSUMOS

Além dos 500 mil kits, a Secretaria de Saúde de Santo André ainda aguarda a chegada de 731 mil seringas e 730 mil agulhas que fazem parte do Plano Nacional de Imunização e serão incrementadas ao estoque que o município já possui.

Ao todo, cerca de 100 pontos entre unidades de saúde e escolas poderão ser utilizados como locais de vacinação. Além disso, outros locais poderão ser preparados com estrutura drive-thru para imunizar o maior número possível de pessoas. (Reportagem Local)

um comentário

  1. Na realidade não existe super freezer e sim congelamento por nitrogênio líquido em tubos pressurizados da Aga química, White Martins , Air Liquide etc. que trabalham com temperaturas entre 196 e 210C negativos, e de logística muito fácil e muitos hospitais são dotados destes equipamentos, inclusive em Santo André.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*