Política-ABC, Santo André, Sua região

Serra recebe R$ 3,1 mi em emendas para saúde e pavimentação de ruas

Manente e Serra destacaram importância de recursos externos para o município. Foto: Divulgação/PMSA

O prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), recebeu ontem (11) cerca de R$ 3,1 milhões em emendas parlamentares carimbadas para as áreas de Saúde e pavimentação asfáltica da cidade. Encaminhada pelo deputado federal Alex Manente (PPS), a verba será transacionada pela Caixa Econômica Federal, que também vai liberar R$ 500 milhões divididos em 40 contratos paralisados na cidade. De acordo com o tucano, o município ainda fará análise sobre quais projetos serão contemplados com os recursos federais.

“Em breve apresentaremos um cronograma sobre o que será prioridade, um estudo do que está parado e a condição de cada contrato”, explicou Serra. O acompanhamento do convênio entre a Caixa e a prefeitura ficará sob responsabilidade de Edgard Brandão (PSDB), nomeado assessor especial de gabinete. O banco público, por sua vez, destacou um engenheiro técnico para realizar o levantamento de todos os contratos com o Paço e fazer os “ajustes necessários” para que as obras sejam retomadas, informou o superintendente regional da Caixa, Gilnei Peroni.

“Todos sabem da situação orçamentária da cidade. Isso torna essa parceria com a Caixa ainda mais importante. Vai fazer a diferença na gestão, já que nossa capacidade de investimento depende de recursos externos”, enfatizou o prefeito, citando o contingenciamento de 60% do orçamento municipal, anunciado na semana passada como forma de sanar o déficit orçamentário da administração.

Além da análise dos contratos paralisados, a prefeitura também ainda vai avaliar a destinação dos R$ 3,1 milhões em emendas parlamentares ao orçamento da União. “Há um projeto baseado em R$ 1,6 milhão para infraestrutura, mas que vai ser objeto de reanálise. Vamos redefinir as ruas prioritárias”, disse. Na área da Saúde, o Paço estuda aplicar o recurso no custeio de equipamentos ou nas obras do Hospital da Vila Luzita e PA Bangu.

Sete municípios

Manente já destinou total de R$ 15,3 milhões em emendas para os sete municípios do ABC. A cidade que mais receberá mais recursos é São Bernardo, contemplado com R$ 6 milhões.

Na sequência aparecem São Caetano (R$ 3 milhões), Diadema (R$ 1,2 milhão), Mauá (R$ 1,3 milhão), Ribeirão Pires (R$ 1 milhão) e Rio Grande da Serra (R$ 500 mil).

“Hoje em dia, recurso externo é o que faz as cidades terem investimentos, porque os municípios não conseguem ter fôlego só com a arrecadação própria. Tive votação expressiva em Santo André e tenho obrigação com a cidade, assim como com toda a região”, destacou Manente.

1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*