Últimas Notícias

Semasa reforça combate ao descarte irregular de resíduos em Santo André

A equipe de Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realizou nos últimos dias uma série de operações de combate ao descarte irregular de lixo em quatro bairros da cidade, com foco em pontos que sofrem constantemente com este tipo de crime ambiental. No total, foram seis flagrantes e R$ 9.500 em multas aos responsáveis.

Na tarde da última sexta-feira (29), os agentes da autarquia flagraram dois casos em que munícipes estavam despejando entulho em áreas públicas, um na rua Rosa Menina, no Jardim Alzira Franco, e um segundo na rua das Gaivotas, no Jardim Ana Maria. Cada um dos responsáveis recebeu Auto de Infração Ambiental no valor de 250 FMPs (R$ 1.032,65).

Na rua das Gaivotas, a equipe flagrou outro veículo fazendo a disposição ilegal de lixo no sábado (30) à tarde. O local é um dos pontos críticos da cidade monitorados pelo Semasa, alvo constante deste tipo de crime ambiental. No último dia 22 de maio, a Fiscalização Ambiental já havia autuado um morador por jogar entulho de uma obra residencial em uma área pública da via.

Já nos bairros Cidade São Jorge e Jardim Las Vegas, durante operação no último sábado, a equipe da autarquia flagrou dois descartes de lixo nas ruas Soldado Dorival de Brito e José Fernando de Medina Braga, gerando duas multas de 500 e 100 FMPs (R$ 2.065,00 e R$ 413,06), respectivamente.

Neste domingo (31), no Jardim Alzira Franco, durante o patrulhamento na área, os agentes da autarquia verificaram um descarte de entulho em uma área pública e de preservação permanente, na rua Bela Flor. Após verificação dos resíduos, foi identificado o autor da infração: uma empresa no bairro Valparaíso, que realizou duas viagens para descartar o entulho de uma reforma na rua Flor de Cactus. O infrator foi autuado em 1000 FMPs (R$ 4.130,06).

Denúncias de descarte irregular de lixo podem ser realizadas pelo site do Semasa, de forma totalmente online, pelo Fale Conosco, pela Central de Atendimento 115, ou ainda pelo Facebook da autarquia, por meio do envio de fotos ou gravações de identifiquem os infratores.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*