Minha Cidade, Santo André, Sua região

Semasa intensifica trabalho de manutenção e obras de combate às enchentes

Limpeza preventiva retirou mais de 3.000 toneladas de resíduos dos córregos, rios e piscinões da cidade só este ano. Foto: Divulgação/Semasa
Limpeza preventiva retirou mais de 3.000 toneladas de resíduos dos córregos, rios e piscinões da cidade só este ano. Foto: Divulgação/Semasa

De forma preventiva e com o objetivo de minimizar possíveis alagamentos, principalmente com a aproximação do período chuvoso, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) tem intensificado as ações de limpeza e manutenção de todos os sistemas de drenagem de Santo André. Até o final de setembro, as equipes da autarquia já tinham removido mais de 3.000 toneladas de resíduos de dentro dos córregos e piscinões do município.

O Semasa também efetuou a roçagem de quase 600 mil metros quadrados da vegetação às margens dos cursos d’água. Alguns córregos receberam intervenções com limpeza mecânica, como Mico Leão Dourado, Graciliano Ramos, Havana, Rio Corumbiara, Tubarão, Camilo Castelo Branco e os piscinões Bom Pastor, Vila América, Jardim Irene e Santa Teresinha.

Em outubro, a autarquia iniciou a limpeza das piscininhas da Vila Pires, localizadas sob as ruas Caquito, Caravelas, Buri, Miguel Ângelo, Nossa Senhora de Lourdes, Imirim e Jericó. Até o momento, já foram concluídas as limpezas de quatro microrreservatórios, com a retirada de 60 metros cúbicos de resíduos, equivalente a 108 toneladas.

Bocas de lobo

 As bocas de lobo ou bueiros – como são popularmente conhecidos – são dispositivos de drenagem que captam as águas das ruas e sarjetas e encaminham para as galerias de águas pluviais (GAPs) que, por sua vez, levam as águas até os córregos e ao Rio Tamanduateí.

Até o momento, o Semasa já efetivou a limpeza de mais de 30 mil bocas de lobo e outras 510 passaram por reforma. Além disso, 49 foram construídas e estão em funcionamento nos bairros Parque Miami, Vila Palmares, Santa Maria, Homero Thon, Utinga, Paranapiacaba, Parque das Nações e Santa Teresinha. Para garantir a fluidez das águas dentro das GAPs também foram realizadas 138 desobstruções com jato de alto pressão.

Além disso, as equipes realizaram manutenção e ampliação de ralos do viaduto Antônio Adib Chammas e melhorias no sistema de drenagem na Vila Palmares e na avenida dos Estados.

Em 2021, a autarquia deve iniciar a implantação de novas redes de drenagem junto às ruas Gertrudes de Lima e Coronel Alfredo Flaquer (Centro), num trecho de aproximadamente 100 metros.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*