Esportes, Paulistão

Sem vencer em sete jogos, Toninho Cecílio é demitido pelo Água Santa

Sem vencer em sete jogos, Toninho Cecílio é demitido pelo Água Santa
Toninho Cecílio teve aproveitamento de 19% no Netuno. Foto: Michael Sanches/Água Santa

Toninho Cecílio não é mais o técnico do Água Santa. A diretoria do clube confirmou, ontem (7), a demissão do treinador, que não resistiu à derrota para o Votuporanguense por 2 a 1, na última terça-feira, no Inamar, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2.

“Toninho Cecílio sempre foi muito empenhado no dia a dia. É um excelente profissional. Agradecemos muito seu trabalho e lhe desejamos boa sorte”, afirmou em no­ta o presidente do Ne­tuno, Paulo Sirqueira Farias.

Sob o comando de Cecílio, o Água Santa disputou sete jogos, com quatro empates, três derrotas e aproveitamento de 19%. O técnico deixa o time na lanterna da competição e ameaçado pelo rebaixamento – os dois piores caem para a Série A3 no próximo ano.

Antes da nona rodada, o técnico chegou a dispensar quatro jogadores – os badalados Guilherme Andrade, Rodrigo Biro, Bruno Dybal e Leandro Cearense – sob a alegação de que renderam abaixo do esperado.

Cecílio sucedeu Jorginho, também demitido devido à má campanha no Estadual. Com o técnico, o Água Santa disputou quatro jogos, com uma vitória e três derrotas – aproveitamento de 25%.

A diretoria trabalha para definir, nas próximas horas, o nome do treinador que vai comandar o time nas quatro rodadas restantes da Série A2. O Netuno volta a campo amanhã, quando encara o XV de Piracicaba, às 21h30, no Barão de Serra Negra.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*