Copa do mundo, Esportes

Sem jogos da seleção até março, Tite vai observar Elias e Luís Gustavo na Europa

Após seis vitórias seguidas nas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa de 2018, a seleção brasileira só voltará a jogar em março de 2017. Até lá, o técnico Tite pretende observar vários jogadores. Na lista estão atletas que não foram chamadas pelo treinador para as vitórias contra Argentina e Peru.

Tite já estabeleceu com Edu Gaspar, coordenador de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), uma série de viagens pela Europa no final deste mês.

Portugal e Alemanha já foram definidos como destinos. O treinador quer assistir em ação aos volantes Elias, do Sporting, e Luís Gustavo, do Wolfsburg. Além de ver os jogos, Tite quer conversar com atletas e seus comandantes.

O técnico também deverá seguir para a Espanha, Inglaterra e Itália. O meia Paulo Henrique Ganso, do Sevilha, também será acompanhado.

“Quero observar o maior número de atletas possível para ser justo”, disse Tite.
Ontem (16), o técnico ad­mitiu que não “esperava” fechar o ano igualando a sequência de vitórias da seleção das Eliminatórias da Copa de 1970 – à época di­rigida por João Saldanha.

Ao bater o Peru, por 2 a 0, no Estádio Nacional, o Brasil venceu a sexta partida consecutiva e praticamente garantiu a classificação para o Mundial da Rússia.

“Ainda não caiu a ficha ainda (das seis vitórias seguidas). Isso vai cair na se­quência”, afirmou o treinador, que só voltará a trabalhar com o time em março. “Não esperava e quero agradecer ao papai do céu bastante. Não sei se eu mereço isso”, acrescentou Tite.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*