Esportes, Futebol

Sem Guto, Ventura e Dorival, Corinthians mira Micale

Micale destacou-se ao obter a inédita medalha de ouro com a seleção brasileira. Foto: Arquivo

Com o fracasso na tentativa de tirar Dorival Júnior do Santos, Jair Ventura do Botafogo e Guto Ferreira do Bahia, o Corinthians segue analisando sua lista de possíveis substitutos para Oswaldo de Oliveira. Um que se encaixa no perfil que o clube deseja é Rogério Micale, técnico da seleção brasileira sub-20, medalha de ouro nos Jogos Rio-2016.

O trabalho à frente da seleção, por sinal, é o que mais credencia Rogério Micale e interessa ao clube, principalmente porque o Corinthians não fará grandes investimentos no ano que vem e deve tentar garimpar valores nas categorias de base.

É nas divisões de base que o técnico teve suas principais conquistas, como a Copa São Paulo de Futebol Junior de 2008, com o Figueirense; e o bicampeonato da Taça BH, em 2009 e 2011, com o Atlético-MG.

Micale também teve campanhas de destaque com a seleção brasileira sub-20 no Mundial da categoria em 2015, quando foi vice-campeão; e no Pan-Americano do mesmo ano, no qual levou a medalha de bronze.

Publicamente, o Corinthians diz trabalhar apenas com dois nomes na busca pelo novo técnico. Porém, a dificuldade de fechar com um treinador fez o Corinthians montar uma lista de possíveis candidatos. Os únicos descartados até o momento são Guto Ferreira, Vanderlei Luxemburgo, Dorival Júnior, Marcelo Oliveira, Levir Culpi e o colombiano Reinaldo Rueda.

Quanto mais o Corinthians demorar a contratar, maior ficará essa lista.

Sem sucesso

Os nomes de Jair Ventura e de Guto Ferreira chegaram aos ouvidos de Roberto de Andrade, presidente do Corinthians, como bons substitutos de Oswaldo de Oliveira. O clube sondou ambos os profissionais, mas as conversas não avançaram.

Ventura tem maior aceitação internamente, devido ao bom trabalho que fez em 2016 no Botafogo, tirando a equipe da zona de rebaixamento e colocando-a em posição de conseguir uma vaga na Libertadores. No entanto, o diretor de futebol do Botafogo, Antonio Lopes, afirmaou que Ventura permanecerá no Rio de Janeiro.

“(Ventura) assinou o novo contrato, vai ficar aqui. O Corinthians pode ficar tranquilinho que o Jair será técnico do Botafogo no ano que vem”, disse à reportagem Lopes, que não deu detalhes do vínculo.

De acordo com sua assessoria, Ventura já acertou verbalmente sua renovação de contrato com o clube carioca, mas ainda não assinou.

Guto Ferreira corre por fora na disputa. Seu nome encontra resistência de conselheiros e as conversas não têm evoluído. A tendência é a de que continue no Bahia, com o qual subiu da Série B do Brasileiro – quem participa das tratativas estima em 90% a probabilidade de que permaneça onde está. A multa rescisória para tirá-lo do Bahia é de R$ 1 milhão.

De férias em Orlando, nos EUA, Dorival foi procurado diretamente pelo gerente de futebol corintiano Alessandro Nunes, mas alegou compromisso com o Santos para rejeitar a oferta do alvinegro paulistano.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*