Diadema, Minha Cidade, Sua região

Secretário do Ministério das Cidades visita áreas de risco em Diadema

Secretário do Ministério das Cidades visita áreas de risco em Diadema
Secretária Regina Gonçalves e secretário nacional de Desenvolvimento Urbano do Ministério das Cidades, Gilmar Souza Santos, durante visita ao Conjunto Iguassú. Foto: Thiago Benedetti/PMD

O secretário nacional de Desenvolvimento Urbano do Ministério das Cidades, Gilmar Souza Santos, visitou Diadema nesta sexta-feira (9), para conhecer áreas de risco que vão receber obras de contenção e drenagem, com financiamento federal. Acompanhado pela secretária municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Regina Gonçalves, Santos visitou terrenos íngremes do Núcleo Habitacional Vinícius de Morais, no bairro Casa Grande, e o Núcleo Jóquei Carapeba, no Eldorado. No mesmo bairro, o secretário conheceu, ainda, 83 moradias do Conjunto Iguassú que será inaugurado no final deste mês. A vistoria também contou com a participação do representante da Caixa Econômica Federal, Sílvio Jorge, coordenador de Filial da GIGov Santo André.

O município será contemplado com obras do PAC de Contenção de Encostas em Áreas de Risco Alto e Muito Alto. O total do investimento federal será de R$ 24.779.280 mais contrapartida da Prefeitura de Diadema no valor de R$ 272.123,56.

O pacote de obras, denominado “Projeto e Execução de Obras para Prevenção e Erradicação de Riscos em Assentamentos Precários em Diadema”, será realizado em quatro etapas. Na primeira fase, de planejamento e projetos, serão investidos R$ 1.143.480.

A segunda etapa é de obras, que serão executadas na rua Nilson de França Sanches, no Parque Real; e no Núcleo Jóquei Carapeba, na região do Eldorado, com investimento de R$ 2.475.277. Já na terceira fase, as contenções vão beneficiar famílias do Sítio Joaninha, também no Eldorado. No local serão investidos R$ 3.440.392.

O volume maior de obras está na quarta e última etapa. Nessa fase serão realizadas 24 obras de contenção de risco em diversos bairros da cidade. Para isso, o investimento total será de quase R$ 18 milhões.

“Diadema é a primeira cidade que escolhi para visitar. Meu estilo de trabalho é esse, gosto de ver as cidades de perto e de ouvir seus moradores. A Prefeitura de Diadema pode contar comigo para melhorar e agilizar o trânsito do município junto ao Ministério das Cidades”, ressaltou o secretário.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*