Política-ABC, Ribeirão Pires, Sua região

Secretário de Saúde de Ribeirão assume cargo em Mauá

Carajelescow já havia sido titular da pasta em Ribeirão. Foto: Ygor Andrade/Diário RPO secretário de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires, o médico ginecologista Ricardo Carajeleascow, oficializou nesta quarta-feira (1º) o desligamento do cargo que ocupou durante todo o mês de janeiro deste ano. Carajeleascow assumirá a superintendência do Complexo de Saúde de Mauá. A proposta foi feita ao profissional pela Fundação do ABC.

A reportagem do Diário Regional antecipou a saída do gestor na edição da última terça-feira (31). A secretária adjunta da pasta, Nanci Garrido Butin, psicóloga graduada pela Universidade Metodista de São Paulo, assume interinamente o cargo a partir de hoje (2).

“Dr. Ricardo recebeu uma nova missão e estou certo de que fará grandes contribuições ao município de Mauá, assim como o fez em nossa cidade”, declarou o prefeito Adler Kiko Teixeira (PSB). “Sentimos pela partida deste profissional, comprometido com os moradores e com a gestão eficiente de saúde que estamos implantando em nosso município, e desejamos sucesso em sua nova jornada”, completou.

“Agradeço ao prefeito Kiko, ao vice-prefeito Gabriel Roncon e aos profissionais da Prefeitura pela oportunidade e pela parceria ao longo desse último mês. Sigo para uma nova etapa profissional certo de que a equipe da Saúde, sob a liderança do prefeito, dará sequência às ações para superar os desafios do setor e garantir aos moradores qualidade nos serviços ofertados”, afirmou.

Histórico

Ricardo Carajelescow é médico ginecologista e obstetra. Já foi secretário de Saúde em Ribeirão Pires, durante a gestão da ex-prefeita Maria Inês Soares (PT), e em Paulínia, no interior de São Paulo, antes de retornar ao ABC. Também foi coordenador do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (SAMU) de São Bernardo, na gestão do ex-prefeito Luiz Marinho (PT), e é ex-diretor do Instituto Acqua, com sede em Ribeirão Pires. A prefeitura de Mauá e a Fundação ABC não comentaram a mudança até o fechamento desta edição.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*