Esportes, Libertadores

SBT fecha acordo com Conmebol e adquire direitos de transmissão da Libertadores

SBT fecha acordo com Conmebol e adquire direitos de transmissão da Libertadores
Libertadores será retomada após longo período de paralisação devido à pandemia de coronavírus. Foto: Arquivo

A Copa Libertadores tem nova casa na TV aberta brasileira: o SBT. A emissora de Silvio Santos fechou acordo com a Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol), tomou o tradicional lugar da TV Globo e transmitirá a principal competição do continente até 2022.

O SBT terá o direito de transmitir dois jogos por rodada, sempre às quartas-feiras, no horário das 21h30 (de Brasília). A emissora vai herdar as partidas que a Globo já havia escolhido previamente antes de romper seu contrato com a Conmebol.

Desta forma, os jogos de estreia do SBT serão os de Palmeiras e Grêmio, na próxima quarta-feira. O time do técnico Vanderlei Luxemburgo visita o Bolívar, em La Paz, pela terceira rodada do Grupo B. A equipe de Renato Gaúcho encara a Universidad Católica, também como visitante, no Chile, pelo Grupo E.

O torneio continental será retomado na próxima terça-feira após longo período de paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus. Os últimos jogos haviam sido disputados no dia 12 de março.

Na semana passada, o Estadão já havia confirmado a notícia de que Conmebol e SBT negociavam os direitos de transmissão da competição. Na ocasião, restavam alguns trâmites burocráticos para que o acordo fosse assinado, o que aconteceu nesta semana.

Com o pacote de jogos livre no mercado, a Conmebol procurou outras emissoras interessadas na transmissão da Libertadores. A negociação mais bem sucedida foi com o SBT, que possui alcance significativo em território nacional e já mostrou ser bem sucedida em transmissões de futebol neste ano com a exibição da final do Campeonato Carioca.

Como a Conmebol não aceitou a redução do valor de contrato, o SBT deve pagar a mesma quantia que seria paga previamente pela Globo. Ou seja, cerca de U$ 60 milhões (R$ 316 milhões na cotação atual) por ano à entidade para a exibição dos jogos.

Na TV fechada, segue a indefinição quanto ao pacote de partidas previstas para o SporTV, o qual ficou sem dono depois que a Globo rompeu o contrato com a Conmebol. O principal candidato a adquiri-lo é a Disney (Fox Sports e ESPN), que já mostra a Libertadores na TV por assinatura, mas poderia aumentar o número de jogos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*