Copa do Brasil, Esportes

São Paulo vence o Juventude, mas é eliminado

O São Paulo, de Lugano, não conseguiu passar pelo Juventude. Foto: Rubens Chiri/SPFC

Contra o modesto Juventude, que disputa a Série C do Brasileiro, o São Paulo sucumbiu pela terceira vez na fase mata-mata de um campeonato da atual temporada.

Ontem (22), fora de casa, a equipe comandada pelo técnico Ricardo Gomes venceu o clube gaúcho por 1 a 0, mas foi eliminada da Copa do Brasil – no Morumbi, o Tricolor foi derrotado por 2 a 1. Nesta fase, o gol marcado no estádio adversário é critério de desempate.

Para piorar, o São Paulo vê uma sina ser mantida: a equipe nunca foi campeã da Copa do Brasil em sua história – a competição no formato mata-mata é disputada desde 1989.

O zagueiro Rodrigo Caio marcou o único gol do jogo no Alfredo Jaconi, aos 23 minutos do segundo tempo.

Os jogadores do São Paulo reclamaram de um toque de mão do meio-campo Bruninho dentro da área no penúltimo minuto da partida.

Em 2016, a equipe já havia deixado pelo caminho o Campeonato Paulista (nas quartas de final) e a Libertadores (nas semifinais).

Só arrancada salva

Com a desclassificação, o São Paulo vê ainda mais distante a possibilidade de reviver o espírito da Libertadores em 2017. Agora, para chegar ao torneio continental, a equipe depende de uma arrancada no Brasileiro. Hoje, o clube paulista aparece na 12ª colocação do Nacional – apenas os quatro primeiros se classificam.

Desde 2006, quando o Brasileiro passou a ter 20 equipes, só o Cruzeiro, em 2009, conseguiu tal feito.

Há sete anos, na mesma rodada, o clube mineiro estava na 13ª posição, com 35 pontos, quando conseguiu uma sequência de oito vitórias, três empates e uma derrota, conquistando 75% dos pontos em disputa e garantindo uma vaga no G4 no encerramento da competição.

Com o foco todo no Brasileiro, o São Paulo depende de um desempenho semelhante para salvar a temporada. Atualmente, o time tem 34 pontos, 11 abaixo do primeiro time dentro do G4, o Santos.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo (25), contra o Vitória, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*