Brasileirão, Esportes

São Paulo vence o Grêmio com gol nos acréscimos e respira no Brasileirão

Preocupado com a Libertadores, o São Paulo entrou em campo com time misto para enfrentar o Grêmio na noite deste sábado (14), no Morumbi, e conseguiu a vitória por 2 a 1 nos acréscimos. O resultado dá alívio para a equipe paulista e a garantia de que vai terminar a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro fora da zona de rebaixamento. A equipe gaúcha permanece na penúltima colocação.

O São Paulo agora se prepara para enfrentar o Palmeiras terça-feira, no Allianz Parque, no jogo de volta das quartas de final da Libertadores. A ida no Morumbi terminou empatada em 1 a 1.

Apesar de entrar em campo com um time com muitos reservas, o São Paulo começou pressionando o adversário no início e explorando as jogadas pela lateral do campo. Galeano avançou pela direita e bateu em cima de Chapecó. Pela esquerda, Reinaldo também fez boa jogada e levou perigo ao gol do Grêmio.

O primeiro gol saiu nessa tentativa de não deixar o rival sair jogando. Após roubar a bola, Vitor Bueno foi derrubado quase que na linha da grande área. Ele mesmo cobrou uma bomba e abriu o marcador.

O Grêmio equilibrou a partida depois de sofrer o gol e empatou o jogo após aproveitar um erro na saída de bola do São Paulo. Reinaldo cometeu falta em Jean Pyerre. Vanderson cobrou com perfeição e fez.

No segundo tempo, Crespo colocou Rigoni no lugar de Galeano em campo. Logo em sua primeira jogada, o atacante fez a jogada e Reinaldo bateu para grande defesa de Chapecó. Na sequência, o argentino recebeu de Vitor Bueno e tocou para fora na saída do goleiro.

O São Paulo seguiu melhor na parte final da partida e ainda teve oportunidade em chute de Sara, que Chapecó defendeu, e de Reinaldo, que acertou a trave. A vitória só veio nos acréscimos. Igor Gomes aproveitou cruzamento e marcou um belo gol.

SÃO PAULO 2 X 1 GRÊMIO

Gols: Vitor Bueno, aos 12, e Vanderson, aos 19 minutos do 1º tempo. Igor Gomes, aos 48 da 2ª etapa. Árbitro: Braulio Machado (SC). Estádio: do Morumbi, em São Paulo.

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Diego, Miranda e Bruno Alves; Igor Vinicius, Luan (Liziero), Talles (Gabriel Sara), Igor Gomes e Reinaldo; Galeano (Rigoni) e Vitor Bueno (Rojas). Técnico: Hernán Crespo.

GRÊMIO

Gabriel Chapecó; Vanderson, Ruan, Geromel e Cortez; Thiago Santos, Lucas Silva e Jean Pyerre (Darlan); Douglas Costa (Luiz Fernando), Alisson (D. Barbosa) e Borja (Léo Pereira). Técnico: Felipão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*