Saúde e Beleza

São Paulo vacina um profissional de saúde a cada três minutos

Doria: “uma pessoa é imunizada a cada três minutos”. Foto: Governo do Estado de SP
Doria: “uma pessoa é imunizada a cada três minutos”. Foto: Governo do Estado de SP

O Governo do Estado de São Paulo vacinou desde domingo (17) 16.726 profissionais de saúde contra o coronavírus, até as 13h46 desta quarta-feira (20), o que equivale a uma pessoa imunizada a cada três minutos, segundo destacou o governador João Doria durante a coletiva de imprensa.

“Esse é um esforço coordenado pela Secretaria de Saúde do Estado, com estrutura, logística, com produtos, com seringas, com agu­lhas, com equipamentos de proteção individual, com insumos, com programa de treinamento de mais de 18 mil profissionais, com 5 mil pontos de doses e que serão ampliados para 10 mil tão logo tenhamos um volume maior de vacinas”, disse.

A imunização no Estado teve início no domingo, com as primeiras doses aplicadas no Hospital das Clínicas de São Paulo. A contagem em tempo real das pessoas vacinadas no Estado pode ser acompanhada por meio da plataforma desenvolvida pela Secretaria de Comunicação do Estado, o “Vacinômetro”. Disponível no portal do Governo de São Paulo, é alimentado diretamente com as informações do “Vacivida”, plataforma digital integrada para monitorar toda a campanha de vacinação.

Neste primeiro momento, profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência, indígenas aldeados e quilombolas receberão as doses. Estes públicos são prioritários considerando os critérios de exposição de infecção e risco para agravamento ou óbito pela doença.

Durante a coletiva, Doria reforçou que a imunização dos quilombolas que vivem no Vale do Ribeira começa no sábado (23). “Lamentavelmente a população quilombola foi excluída do programa nacional de vacinação pelo governo federal. Em São Paulo, os quilombolas serão vacinados. Não é um fato novo”, frisou. Já a imunização dos indígenas aldeados terá início na sexta-feira (22).

DOSES

Até esta quarta-feira, 500 mil doses da vacina contra o coronavírus foram distribuídas em 13 diretorias regionais de saúde em todo o Estado, totalizando 123 municípios atendidos. Também nesta quarta serão distribuídas ou­tras 125 mil doses de vacinas a outros 76 novos locais. A expectativa é que os 645 municípios do Estado recebam o quantitativo de vacina do Butantan dentro do PNI.

A divisão das grades de vacinas foi baseada no quantitativo proporcional previsto para São Paulo conforme o PNI. O total de 1,5 milhão de doses é a referência para tra­balhadores de saúde baseado na última campanha de vacinação contra a gripe. Esta mesma referência é utilizada para cálculo das grades regionais e para cada cidade.

A campanha de imunização em São Paulo será desenvolvida segundo a disponibilidade das remessas do órgão federal. À medida que o Ministério da Saúde viabilizar mais doses, as novas etapas do cronograma e públicos-alvo da campanha de vacinação contra a covid-19 serão divulgadas pelo Governo de São Paulo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*