Esportes, Futebol, Paulistão

São Paulo recebe o lanterna São Bento no Morumbi

Para o goleiro Sidão, equipe do São Paulo ainda está em evolução no Estadual. Foto: Rubens Chiri/SPFCO adversário do São Paulo de hoje (21), às 20h30, tem tudo para deixar a torcida mais animada. Isso porque o São Bento é o lanterna da competição, o que significa  ótima oportunidade para o centroavante Lucas Pratto.

O argentino estreou com um gol no último sábado e será titular novamente. O São Bento perdeu três dos quatro jogos que disputou no Paulista e empatou um. Balançar a rede é algo raro, só uma vez – levou quatro gols.

O São Paulo tem média de três gols por partida, e o duelo não poderia ser melhor para manter, ou até mesmo melhorar, esse número.

O confronto será no Morumbi, que continua com preços acessíveis. O São Paulo não divulgou parcial de ingressos, mas a tendência é que não receba tantos torcedores como nos dois jogos anteriores.

Os números não deixam o técnico Rogério Ceni preocupado. O treinador está bastante confortável no cargo neste começo de trabalho.

Ao mesmo tempo em que o São Paulo tem o melhor ataque do Estadual, com 12 gols marcados, possui a segunda pior defesa, com nove sofridos.

“É começo de temporada e os erros são constantes, não só no São Paulo, mas em qualquer equipe. Nossa proposta é jogar para cima, fazer gols. Obviamente, sobra espaço”, disse o goleiro Sidão.

“A defesa está sofrendo mais do que deveria pela adaptação ao trabalho, mas tenho certeza de que esses números vão diminuir ao longo da competição”, emendou.

Sidão ressaltou que o time está em evolução. “To­do trabalho tem o tempo de plantar e o de colher. Estamos plantando e temos muito a colher.

 

SÃO PAULO X SÃO BENTO

Árbitro: Vinícius Furlan. Estádio: do Morumbi, em São Paulo, às 20h30 (pay-per-view).

SÃO PAULO

Sidão; Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; João Schmidt, Araruna, Cícero, Luiz Araújo e Cueva; Lucas Pratto. Técnico: Rogério Ceni.

SÃO BENTO

Rodrigo Viana; Bebeto, Pitty, Gabriel Santos e Denner; Fábio Bahia, Itaqui, Clebson e Morais; Wilson Júnior e Magrão. Técnico: Paulo Roberto Santos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*