Copa do Brasil, Esportes

São Paulo convence no segundo tempo e avança na Copa do Brasil

São Paulo convence no segundo tempo e avança
Nenê abriu o placar para o São Paulo em Maceió. Foto: Rubens Chiri/SPFC

Com atuação convincente no segundo tempo, o São Paulo conseguiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. O Tricolor impôs seu ritmo na etapa final e derrotou o CSA por 2 a 0, ontem (15), no estádio Rei Pelé, em Maceió. Os gols da vitória foram marcados por Nenê e Cueva.

O São Paulo volta a jogar no domingo (18), pelo Paulista. O time disputa o clássico contra o Santos, às 17h, no Morumbi. A equipe lidera o Grupo B do torneio estadual, com dez pontos em seis partidas (três vitórias, um empate e duas derrotas).

Pela Copa Brasil, o Tricolor enfrentará o CRB-AL, que despachou o Novo Hamburgo-RS no Sul na disputa por pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Ídolo da torcida tricolor e campeão mundial em 2005, Aloísio Chulapa acompanhou de perto o duelo com o CSA. O ex-atacante, que mora em Alagoas, foi convidado pelo São Paulo para ver o jogo no estádio Rei Pelé.

Dorival Júnior não pôde contar com Petros, capitão do São Paulo no início da temporada. O volante foi expulso na última rodada do Brasileiro de 2017 e teve de cumprir a suspensão ontem, na Copa do Brasil. Hudson foi o escolhido para a vaga.

Empurrado pela torcida, o CSA dominou as ações no primeiro tempo da partida e criou as melhores oportunidades. O goleiro Sidão foi obrigado a trabalhar pa­ra evitar que o adversário abrisse o placar. Já o São Paulo não tinha velocidade do meio para frente e sofreu para chegar ao ataque.

Segundo tempo

O time tentou acelerar o ritmo no início do segundo tempo. O empenho surtiu resultado quando o peruano Cueva chamou a responsabilidade e fez boa tabela com Marcos Guilherme. A bola parou no pé de Nenê no meio da área, que completou para o gol, aos três minutos, e deu mais tranquilidade aos tricolores.

Não demorou para o time ampliar a vantagem. Reinaldo deu belo passe para Diego Souza, que foi derrubado pelo goleiro Mota dentro da área. Cueva cobrou o pênalti e fez o segundo, aos 16.

O torcedor são-paulino ainda teve a chance de ver pela primeira vez Valdívia em ação. Recém-contratado, o meia entrou no segundo tempo, aos 21 minutos, no lugar de Nenê. No restante da etapa final, Dorival poupou Cueva e Marcos Guilherme, substituídos por Shaylon e Caíque.

 

CSA 0 X 2 SÃO PAULO

Gols: Nenê, aos 3, e Cueva, aos 16 minutos do 2º tempo. Ár­bi­tro: Braulio da Silva Machado (SC). Expulsão: Yuri. Estádio: Rei Pelé, em Maceió (AL), ontem à noite.

CSA

Mota; Talisson, Leandro Souza, Xandão, Rafinha; Dawhan, Giva (Bruno Veiga), Yuri, L. Kivel (Michel Douglas); Didira (Yago), Daniel Costa. Técnico: Flávio Araújo.

SÃO PAULO

Sidão; Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio, Reinaldo; Jucilei, Hudson, Nenê (Valdívia); Cueva (Shaylon), Diego Souza, Marcos Guilherme (Caíque). Técnico: Dorival Jr.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*